Divisão de oposição garante reeleição de Fernando Cunha em Macaíba

Mais uma vez, a divisão da oposição garante vitória de Fernando Cunha (PSD) em Macaíba. Ele conseguiu nas urnas um novo mandato para administrar a cidade pela quarta vez. Fato que se repete pela segunda vez consecutiva. Pela acirramento no final da campanha, antes mesmo do encerramento do pleito, partidários das duas principais coligações comemoravam e acreditavam em vitória. Marília ensaiou até carreata e fogos de artifícios pela ruas do centro.

Na totalização dos votos, Dr. Fernando foi reeleito no pleito deste domingo, 2 de outubro, com índice de 48,96% (correspondente a 18.873 votos), a candidata do PMDB, a ex-prefeita Marília Dias ficou em segundo lugar, com 43,91% (que corresponde 16.928 votos) e a vereadora Kátia Senna atingiu um índice de 7,13%, num total de 2.749 votos. Dos mais de 48 mil eleitores aptos ao pleito, compareceram às urnas 42.148. A abstenção foi de 13,07%, votaram em branco 1.085 (2,6%); e anularam o voto 2.793 eleitores (6,63%).

Vereadores eleitos

Para formação da nova Câmara Municipal de Macaíba, o filho do ex-prefeito Luiz Gonzaga Soares, Netinho França foi o vereador mais votado, conseguindo um total de 2.722 votos; em seguida de Emídio Júnior obteve 2.313 votos; Gerson Lima 1857 votos; Rita de Cássia 1.724 votos; Silva Freitas 1636 votos; Denilson Gadelha 1587; Socorro Nogueira 1439 votos; Edma Maia, 1415 votos; Dadaia 1042 votos; Dr. Antonio 1346 votos; João Damião 1202 votos; Zeca Cunha 1139 votos; Ismarleide Duarte 946 votos; Ana Catarina 881 votos; e Igor Targino 708. Pelo resultado, a oposição fez cinco vereadores (Emídio, Denilson, Igor e Ana Catarina), os demais de situação.

Tudo outra vez

No pleito passado, quando Fernando Cunha foi eleito pela terceira vez, a oposição também ficou dividida e Cunha levou vantagem com percentual parecido com o de agora, por causa da candidatura do Dr. Menguita. Marília Dias, que era prefeita da cidade, ficou em segundo lugar.

Folha de Macaíba: Confira os destaques da edição impressa

Já se encontra pelos principais pontos da nossa cidade a edição especial da Folha de Macaíba sobre as eleições 2016. Confira os bastidores do pleito e uma análise sobre o eleitorado de Macaíba.

Outro destaque da edição é a repercussão da auditória do TCU sobre o Instituto do Cérebro. Segundo a análise, existe uma série de irregularidades na obra.

Veja também a nova indústria que chega em Macaíba: o mercado de Outlets. Leia a versão digital da Folha de Macaíba.

Para ter acesso a Folha, clique aqui.

Campanha de Multivacinação termina nesta sexta-feira (30)

dddd

Pais e responsáveis têm até esta sexta-feira (30) para levarem crianças e adolescentes nos 36 mil postos e salas de vacinação de todo o país. A Campanha Nacional de Multivacinação, que está sendo realizada desde o dia 19, termina amanhã (30). Fazem parte do público-alvo, crianças de até cinco anos de idade ou entre 9 e 15 anos. O público destas faixas-etárias devem comparecer aos postos para verificar se há doses em atraso ou vacinas que devem ter o esquema iniciado. Balanço parcial da campanha, referente apenas às crianças até cinco anos, aponta que já foram aplicadas cerca de 2,9 milhões de doses. Vale ressaltar que o balanço referente aos adolescentes e crianças de nove anos ainda não está concluído.

Somente no último sábado (24), durante o Dia “D” de mobilização, mais de 656 mil vacinas foram administradas. O Dia “D” é realizado todos os anos, sempre aos sábados, e tem como objetivo dar mais uma oportunidade aos pais e responsáveis de garantirem a proteção das crianças e adolescentes. Neste ano, a mobilização envolveu mais de 350 mil profissionais de saúde em todo o país, além de 42 mil veículos, para assegurar a vacinação em locais de difícil acesso. Estão disponíveis vacinas para tuberculose, rotavírus, sarampo, rubéola, coqueluche, caxumba, HPV, entre outras. Vale esclarecer que essas vacinas continuam disponíveis durante todo o ano, pois fazem parte do Calendário Nacional de Vacinação.

Para a realização da campanha, o Ministério da Saúde enviou aos estados 19,2 milhões de unidades extras de 14 vacinas. Ao todo, foram distribuídas às unidades da federação 26,8 milhões de doses, que servem tanto para a vacinação de rotina do mês de setembro (7,6 milhões) quanto para a campanha (19,2 milhões).

Para reforçar a mobilização, o Ministério da Saúde lançou campanha publicitária com o slogan “Todo mundo unido, fica mais protegido”. A campanha já está sendo veiculada na televisão, rádio e internet, com vídeos, banners, cartazes, jingles e filme especial com a participação do grupo Carreta Furação. Com a campanha de vacinação, o Ministério espera a redução das doenças imunopreveníveis no país e diminuir o abandono à imunização. Como a vacinação será de forma seletiva para a população alvo, não há meta a ser alcançada.

Multinacional gera mais de 450 empregos no Rio Grande do Norte

O governador Robinson Faria participou, na manhã da quinta-feira (29), da inauguração da loja Leroy Merlin, em Parnamirim, região Metropolitana de Natal. A marca francesa, especializada em material de construção e produtos para o lar, investiu cerca de R$ 100 milhões na implantação da filial e abriu mais de 200 vagas de empregos para os potiguares. A multinacional possui 9 mil m² de área e mais de 80 mil itens, divididos em 15 setores.

Robinson Faria parabenizou a empresa pela abertura e destacou as principais ações do Estado para atrair novos investidores. “Em tempos de recessão econômica, é uma vitória receber uma empresa de atuação mundial. O Estado oferece um ambiente favorável para a instalação de novos investidores. Prova disso é uma pesquisa do IBGE, que aponta que o Rio Grande do Norte é o estado do país que mais cresceu no setor de comércio e serviços. Ficamos muito felizes por a empresa ter apostado no nosso mercado e ter aberto novas oportunidades de emprego e renda para os potiguares”, declarou o governador.

O diretor geral da Leroy Merlin no Brasil, Alaín Ryckeboer, explicou que o investimento no RN era uma das prioridades da empresa e uma das principais apostas de mercado da região Nordeste. “Dentro do nosso planejamento de expansão, escolhemos os estados que ofereciam oportunidades de crescimento para a Leroy. Essa é a terceira loja do Nordeste e acreditamos no potencial do Rio Grande do Norte. O mercado é dinâmico e visualizamos grandes consumidores na região”, ressaltou o diretor geral.

A empresa também abriu oportunidades para fornecedores locais. Segundo a diretoria, pequenos e médios empresários foram cadastrados para oferecer produtos regionais e trazer à loja, as características e identidade do Estado.

O evento de apresentação da multinacional também contou a presença dos secretários estaduais de Comunicação, Juliska Azevedo e do Desenvolvimento Econômico (SEDEC), Flávio Azevedo, além de representantes da empresa, autoridades políticas e funcionários. A loja será aberta oficialmente ao público nesta sexta-feira (30).

Governo e servidores deliberam pagamento por faixas salariais

O Governo do Estado recebeu na manhã desta quarta-feira (28), uma comissão composta por representantes de diversos sindicatos da Administração Direta e Indireta, para acompanhar os trâmites do fechamento da folha de pagamento do mês de setembro. Pela primeira vez, uma gestão estadual deliberou, com servidores, a forma como o pagamento de salários deve ser feita; neste caso, que os vencimentos sejam pagos a servidores ativos, inativos e pensionistas ao mesmo tempo, por faixas salariais.

Durante a reunião, o Secretário de Planejamento, Gustavo Nogueira, fez uma exposição da situação financeira do RN. “A frustração de receitas já ultrapassa o montante de 300 milhões de reais neste ano. Tivemos queda significativa no Fundo de Participação dos Estados, fundo este que representa 40% das nossas transferências federais”, explicou, justificando por que ainda não é possível definir o calendário de pagamento do mês de setembro.  Ele lembrou, ainda, que os cortes no custeio vêm sendo feitos sistematicamente desde o início da gestão.

O objetivo da comissão é divulgar as contas das receitas e despesas do Estado para que os servidores também possam opinar as prioridades de pagamento e decisões de forma democrática. Esta foi a primeira reunião do grupo, que deverá se encontrar mensalmente. Para a secretária Chefe da Casa-Civil, Tatiana Mendes Cunha, “essa transparência permite que os servidores possam acompanhar a situação de crise financeira que o Estado enfrenta e opinar sobre a melhor forma de enfrentá-la, afinal esse problema não é apenas do Governo, mas do Estado inteiro.”

Estiveram presentes à reunião, ainda, a Secretária de Comunicação, Juliska Azevedo e representantes dos sindicatos Sinai, Sinpol, Sintauern, Sindifern, ABMRN, Sindsaúde, Sindasp, Sinsp, Adepol e Sintern.

Sesc participa do Setembro Cidadão com ações educativas e artísticas  

 

dddd

No mês em que celebramos as ações cívicas, o Sistema Fecomércio, por meio do Sesc, participa da programação do Setembro Cidadão, evento que pelo terceiro ano consecutivo é voltado a educação cidadã e a valorização cultural popular.

As ações sobre a temática seguem até o final do mês para os alunos das escolas Sesc em Natal, Macaíba, São Paulo do Potengi, Mossoró, Nova Cruz e Caicó, através de pesquisas, dramatizações, produções textuais, contação de histórias, palestras, exposições, entre outras atividades.

No campo artístico, o Terraço do Relógio da próxima sexta-feira (30) será especial com o sambista potiguar Zeca Santos, que terá como convidados: Debinha Ramos, Camila Masiso, Carlos Zens e a dupla ‘Os Chicos’. Os artistas serão acompanhados pela Banda Samba do Zé, como os músicos David Franciele (pandeiro), Artur Canuto (Violão 7 cordas), Chumbinho (cavaquinho), Pizão (Percussão) e Jonathan Marques (Clarinete).

O encerramento do Setembro Cidadão contará também com apresentação da Escola Malandros do Samba, do bairro das Rocas.

O evento é uma iniciativa do Programa Brasileiro de Educação Cidadã – PROBEC, com o apoio do UNI-RN, do Sistema Fecomércio, por meio do Sesc RN e CASU Filmes.

Portal da Transparência como fonte de pesquisa para o cidadão

463x66

Uma ótima fonte de pesquisa para os eleitores avaliarem principalmente os candidatos à reeleição é o Portal da Transparência. Mas, para isso, é indispensável que a ferramenta esteja realmente atendendo às exigências estabelecidas pela Lei de Acesso à Informação (nº 12.527/2011). Ou seja, que o eleitor tenha condições de identificar com facilidade e clareza nos sites das Prefeituras e das Câmaras Municipais como o dinheiro arrecadado foi utilizado pelas administrações, se bem gasto ou não em benfeitorias à população.

“O Portal da Transparência pode até existir, mas nem sempre cumpre com todas as suas obrigações. Pode-se pecar pela falta de atualização das informações, por não responder a algumas solicitações dentro do prazo determinado pela Lei ou até mesmo por omissão”, diz Douglas Rodrigues Caetano, diretor da Conam – Consultoria em Administração Municipal, que atende a mais de 120 entidades governamentais entre Prefeituras, Autarquias, Fundações e Câmaras Municipais nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Bahia.

 “O Portal reflete o empoderamento do cidadão, que agora pode fiscalizar e contribuir com a administração local”, acredita Caetano. “O eleitor pode saber como votou cada vereador nas pautas da Câmara, verificar se o seu candidato está atendendo ou não suas expectativas, se está de fato representando seus interesses. Esse acompanhamento permite à população avaliar o desempenho do seu candidato, se mereceu e se merece novamente o seu voto”, conclui o especialista.