Olimpo Recepções completa 15 anos com festa para debutantes de escolas públicas

Nesta quarta-feira (30) acontece um momento único e inesquecível para 15 meninas de escolas públicas de Natal com a comemoração dos 15 anos de fundação do Olimpo Recepções.

A casa de festas resolveu compartilhar sua felicidade com 15 jovens selecionadas através do desempenho escolar. As notas boas, além de preparar para o futuro, oportunizou a realização de sonhos: Uma festa completa, com tudo que tiver direito.

No total, o evento pretende reunir mais de 500 pessoas, entre parceiros, personalidades do RN, debutantes, familiares, amigos e representantes das escolas envolvidas.

Governo do RN promove treinamento sobre assessoria de imprensa em área pública

Assessores de comunicação das administrações direta e indireta do Governo do Rio Grande do Norte participam do I Treinamento em Assessoria de Imprensa na Área pública, neste sábado (26). Ministrado pelo jornalista, professor, mestre e doutor Jorge Duarte, o curso abordará os principais desafios da comunicação institucional e atuação das assessorias de imprensa na comunicação pública.

Jorge Duarte é graduado em jornalismo e relações públicas pela Universidade Católica de Pelotas (RS), mestre em Comunicação Social e doutor em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo. Atualmente écoordenador de Comunicação em Ciência e Tecnologia da Embrapa, professor de pós-graduação do Instituto de Ensino Superior de Brasília (Iesb), do Centro Universitário de Brasília e da Escola Nacional de Administração Pública (Enap), professor da Consultre Consultoria e Treinamento Ltda.e da Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (Aberje).

De 2004 a 2013, foi assessor especial e diretor do Núcleo de Comunicação Pública na Secretaria de Comunicação da Presidência da República. A experiência de Jorge Duarte tem ênfase em Jornalismo Especializado (Comunitário, Rural, Empresarial, Científico), atuando principalmente com estratégias de comunicação, jornalismo, assessoria de imprensa, relações públicas, comunicação pública e comunicação organizacional.

Para a assessora de Comunicação do Governo do RN, Juliska Azevedo, o curso é uma oportunidade única para os assessores, que poderão se qualificar com um dos maiores especialistas em assessoria do país. “Encerramos o ano com um evento de alto nível e uma excelente oportunidade de aprendizado e reciclagem para todos”.

Para a diretora geral do Departamento Estadual de Imprensa, Suzy Noronha, o treinamento visa capacitar ainda mais a imprensa oficial do Rio Grande do Norte. “Trabalhamos para que as ações desenvolvidas pelo governo do estado em benefício da população sejam de conhecimento público, e que nosso trabalho possa continuar sendo feito de forma eficiente e eficaz”, disse.

Potigás completa 23 anos de criação neste sábado, 26

A Companhia Potiguar de Gás (Potigás) completa 23 anos de criação neste sábado, 26. A distribuidora exclusiva de gás natural canalizado no Rio Grande do Norte foi criada pela lei 6.502, de 26 de novembro de 1993, como uma sociedade de economia mista sujeita ao controle majoritário do Estado. Atualmente, a empresa tem como sócios o Governo do Estado do Rio Grande do Norte e a Petrobras Gás S/A (Gaspetro).

Com a publicação da lei, iniciaram os esforços para colocar a empresa em efetiva operação, o que foi possível em 08 de março de 1995. Depois disso, seguiram-se os investimentos na ampliação da rede de gasodutos para distribuição do gás natural canalizado. Hoje, a Potigás está presente nos municípios de Natal, Mossoró, Macaíba, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante e Goianinha, através de uma malha de quase 400 quilômetros.

Nesses 23 anos de criação, a Potigás diversificou sua cartela de clientes nos segmentos comercial, residencial, industrial e GNV. No total, são 17.355, contabilizados até o mês de outubro. Hoje a empresa leva o gás natural canalizado até restaurantes, bares, hotéis, padarias, hospitais, clínicas, laboratórios, lavanderias, academias, condomínios, indústrias dos mais diversos segmentos e postos GNV no Rio Grande do Norte.

“A Potigás contribui de maneira decisiva para o desenvolvimento econômico e social do Rio Grande do Norte. Temos no dia a dia a missão de distribuir o gás natural canalizado levando praticidade, economia e segurança aos nossos clientes”, assegura o Diretor Presidente da companhia, Beto Santos.

Projeto de aluno do IFRN selecionado pelo Governo Federal

Sempre envolvido com atividades e projetos ligados as atividades físicas, o aluno do curso de Gestão Desportiva e de Lazer, Genildson de Oliveira Silva, criou o projeto ‘Cidade do Brincar: Praticando Esporte para Cidadania’, com a orientação da Profª.Drª. Kadydja Karla Nascimento Chagas, com o intuito de submetê-lo a seleção nacional realizada pelo Governo Federal.

Hoje (24), o graduando do IFRN Cidade Alta recebeu a notícia que o seu projeto foi um dos três selecionados no Rio Grande do Norte para ser contemplado pelo Programa Brincando com Esporte do Ministério do Esporte. “Eu venho seguindo uma linha de projetos de Políticas Públicas de Esporte e Lazer. Como participei de cursos em comunidades sempre pensei em criar o meu próprio programa. O principal objetivo do projeto ao ser criado era democratizar o esporte e o lazer e oferta-los para as crianças e adolescentes”, disse Genildson. 

A partir de dezembro o Cidade do Brincar ganhará vida, começando pela seleção de 400 crianças e adolescentes, entre 6 e 17 anos, residentes dos Bairros Cidade Alta, Rocas, Mãe Luiza e Alecrim – regiões próximas ao campus – que terão a chance de estarem inseridas em um mundo de brincadeiras, arte, cultura e esportes. As atividades, que terão duração de um mês contando a partir do dia 2 de janeiro de 2017, serão executadas por equipes que serão subdividas em núcleos e formadas por pessoas que estudam ou são capacitadas nas áreas de esporte e lazer

Manifestações: Entidades emitem nota de repúdio e solidariedade

As entidades abaixo assinadas vêm a público manifestar o seu veemente repúdio aos atos praticados na manhã desta sexta-feira, 25, por pessoas que, sob a alegação de estarem realizando “manifestações”, atentaram contra a propriedade, a ordem pública e o direito de ir e vir dos trabalhadores da Casa da Indústria, sede da Federação das Indústrias do Estado e de alguns sindicatos patronais filiados à entidade. A invasão de espaços privados, assim como a depredação de propriedade de terceiros são crimes, previstos no Código Penal Brasileiro. E como tal devem ser tratados pelas autoridades competentes. As entidades se solidarizam com a Federação das Indústrias do Estado, seus diretores e colaboradores, e lamentam profundamente os transtornos forçadamente vivenciados. Ao mesmo tempo, reafirmam o seu compromisso com o trabalho e a geração de emprego e renda para o povo potiguar, algo muito mais efetivo na construção de um país melhor do que manifestações que atentam contra a Lei, de forma flagrante e inaceitável.


– FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DE BENS, SERVIÇOS E TURISMO DO ESTADO DO RN (FECOMÉRCIO)
– FEDERAÇÃO DA AGRICULTURA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE (FAERN)
– FEDERAÇÃO DOS TRANSPORTES DO NORDESTE (FETRONOR)
– FEDERAÇÃO DAS ASSOCIAÇÕES COMERCIAIS DO RIO GRANDE DO NORTE (FACERN)
– FEDERAÇÃO DAS CÂMARAS DE DIRIGENTES LOJISTAS DO RN (FCDL RN)
– SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO À MICRO E PEQUENA EMPRESA DO RN (SEBRAE RN)
– ASSOCIAÇÃO COMERCIAL DO RIO GRANDE DO NORTE.
– CÂMARA DE DIRIGENTES LOJISTAS DE NATAL (CDL NATAL)

Justiça Federal quer garantir rodovias livres nesta sexta-feira no RN

O juiz titular da 1ª Vara da Justiça Federal do RN, Magnus Delgado, concedeu nesta quinta-feira, 24, “Tutela Antecipada” na ação impetrada pelas Federações do Comércio, das Indústrias e dos Transportes, em conjunto com o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Natal (Seturn), que visa evitar maiores prejuízos à sociedade e à economia potiguar durante os protestos previstos para acontecer nesta sexta-feira, 25, em virtude da paralisação geral convocada por entidades sindicais. O juiz determinou que sejam oficiados os comandantes da Polícia Rodoviária Federal e da Polícia Militar, além do superintendente da Polícia Federal no Estado, para que seja permitida “a livre circulação” em “toda e qualquer rodovia federal ou estadual que corte este Estado”.

Na sua decisão, o juiz diz ainda que esta livre circulação deve ser garantida “seja no dia 25 de novembro, seja em qualquer outro dia em que estejam marcadas quaisquer manifestações, a favor ou contra o que quer que seja, notadamente as BRs 101, 304 e 406. Deverão ser preservadas as vias de ida e vinda de cada uma destas rodovias e, acaso haja segurança, liberadas apenas as vias marginais, até porque rodovia não é lugar de manifestantes.” A multa por descumprimento, também estipulada na decisão, é solidária e de R$ 500 mil para cada um dos réus, em caso de descumprimento da decisão.

“Prevaleceu o bom senso. A nosso ver, esta paralisação é completamente descabida no atual contexto que vivemos, onde o que se impõe é a necessidade de trabalharmos, de produzirmos. Independente dos motivos ou causas de eventuais manifestações, é fundamental que sejam garantidos os direitos individuais, entre eles o de ir e vir. Esperamos que esta decisão tenha, na prática, o efeito de evitar que a cidade se transforme em um caos – como aconteceu em situações anteriores”, afirma o presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN, Marcelo Queiroz.

Luiz Lacerda participa do lançamento do novo Construcard em Brasília

O empresario macaibense Luiz Antonio Lacerda participou da cerimônia, que teve a presença do presidente Michel Temer, e também marcou assinatura de convênio com a Associação Nacional de Lojistas de Material de Construção.

O vice-presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Rio Grande do Norte (Fecomércio RN), Luiz Lacerda, esteve nesta quinta-feira (24), em Brasília, no lançamento do novo cartão Construcard, benefício para incentivar a indústria da construção civil. A cerimônia aconteceu em Brasília, teve a presença do presidente da República, Michel Temer, e também marcou a assinatura de um convênio com a Associação Nacional de Lojistas de Material de Construção (Anamaco), para disponibilizar produtos e serviços em condições especiais para as lojas de materiais de construção.

“O Construcard é um dos projetos do Governo Federal que devem impulsionar o segmento da construção civil nesse momento tão delicado que todo o país vive. Estes recursos, como também o convênio com a Anamaco, irão estimular o setor, gerando emprego, renda e melhorando a vida dos brasileiros”, afirmou Luiz Lacerda, que também é presidente da Rede de Materiais de Construção do RN (Redecon RN).

O projeto irá beneficiar dois milhões de brasileiros com a liberação de R$ 7 bilhões para o novo cartão Construcard. Os beneficiados podem adquirir aparelhos mais modernos de eficiência hídrica e energética, financiando, por meio do cartão, equipamentos para a reutilização de água, fossas ecológicas, aquecedores solares e aerogeradores, além de equipamentos de energia fotovoltaica e de segurança residencial.

Com o cartão, o cliente faz uma operação de crédito normal, porém com condições mais acessíveis, como o financiamento quitado em até 240 meses e o consumidor terá o benefício de pagar apenas os juros no período inicial do contrato, o que pode variar de seis meses a dois anos.

Na prática, esse benefício permite ao cliente desembolsar um valor menor no início do contrato, o que vai diminuir o comprometimento da renda das famílias nesse período inicial. O valor médio dos financiamentos é de R$ 14 mil, mas o limite depende da capacidade de pagamento do cliente. A Caixa informou que 400 mil clientes já estão com os limites pré-aprovados.

Como usar o Construcard

O cartão é aceito em uma ampla rede de lojas, composta por mais de 60 mil estabelecimentos em todo o Brasil. O benefício pode ser usado para a compra de qualquer material de construção: tijolos, cimento, pisos, revestimentos, armários embutidos, piscinas e outros.

O cliente, a partir de agora, passa a receber o Construcard no ato da contratação do financiamento, o que pode ser feito em qualquer agência da Caixa. O consumidor sai do banco com o cartão já liberado para compras.