Comportamento

Festividades de fim de ano: como encarar o luto e a saudade; especialista indica formas de lidar com a intensificação nesse assunto

 As festas de fim de ano são motivos de alegria e celebração para muitos. Afinal, são festividades em que amigos e familiares se reúnem para comemorar mais um ano que se passou. No entanto, para alguns, esse momento do ano pode ser a época de recordações, saudades e luto de um ente querido que se foi, o que pode tornar o Natal e o Ano Novo angustiantes e melancólicos.

De acordo com a psicóloga especialista em luto do Morada da Paz, Mariana Simonetti, é comum que a saudade do ente querido se intensifique nessa época do ano, e a tristeza seja considerada normal nesse período, embora o luto seja singular e cada pessoa possa lidar de uma forma. “Muitas vezes essas festas são momentos que se confraternizam com as pessoas que você ama ou tem carinho, e nessa falta é preciso tentar aceitar que são momentos que podem acontecer essa sensação de tristeza, e o luto pode ficar agudo, mas isso faz parte do processo”, explica. 

“Tentar fazer nesses momentos alguma homenagem, como incluir na festa alguma mensagem que possa trazer a memória dessa pessoa que partiu pode ser um bom caminho, embora alguns optarão por se recolher e é preciso respeitar esse tempo maior de aceitação. As pessoas que estão como apoio precisam entender isso”, conclui Mariana.

Por vezes, familiares e amigos não têm certeza de como agir ou o que dizer para apoiar alguém em processo de luto, e até mesmo o próprio enlutado se sente perdido diante de tantas emoções. Assim como a psicóloga enfatizou, cada pessoa sentirá a perda de forma distinta, mas é possível sim, que essa fase seja vivida com menos dor, principalmente, com o apoio dos familiares e amigos, e é nesta hora que entra a compreensão e estar disponível para ouvir o enlutado. 

Não há soluções prontas, então usar de empatia para evitar tentar encontrar soluções rápidas e sem sentido é bem-vindo. Portanto, oferecer consolo e acolhimento, é fundamental para não ser invasivo com quem está passando por uma experiência dolorosa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: