Educação

Dia do Profissional da Educação Física: saiba mais sobre a profissão que transforma corpos, vidas e saúde 

Profissionais potiguares contam suas histórias e mostram a importância da profissão e as alegrias de trabalhar na área

O dia primeiro de setembro comemora o trabalho dos profissionais que, das salas de academia até as quadras de escolas, desempenham o papel de guiar e motivar o aperfeiçoamento de corpos, caminhando com os alunos rumo a uma vida mais saudável e ativa. Por esse e outros motivos, a profissão é essencial e merece ser lembrada e valorizada. 

Em um contexto pós-pandêmico de volta às academias, os profissionais que escolheram seguir o caminho de coaching e personal trainer vão comemorar o dia especial fazendo o que eles fazem de melhor: orientar e inspirar pessoas a usarem toda sua capacidade corporal com segurança e evitando lesões.

Na capital potiguar, a profissional Polyanna Paula já se prepara para comemorar seu 16º Dia do Profissional da Educação Física. Mesmo depois de tantos anos atuando na área e nos últimos cinco atuando na Bodytech Tirol, ela ainda se surpreende com o poder transformador dos exercícios físicos. “Acordo já animada e chego em casa tarde da noite com a mesma disposição. É gratificante ver meus alunos com menos dores, mais dispostos, fazendo amigos e criando uma rotina de hábitos saudáveis”.

Por ser uma área sempre em movimento, com novos estudos, métodos, exercícios e modalidades de treino nascendo e sendo aperfeiçoadas, é natural que os profissionais sigam o mesmo caminho, constantemente procurando acompanhar as novidades. 

Para Polyanna, não é diferente. Já durante a graduação, a profissional começou a fazer seus primeiros cursos fora de Natal a fim de acessar conhecimentos mais específicos sobre a área. “Queria saber mais sobre treinamentos diferenciados para me sentir pronta para o improvável. Nessa época, tudo que eu ganhava em estágios era investido nesses treinamentos”, relata. 

Seguindo a história de Polyanna, o também profissional de Educação Física, Ednham da Silva, sempre soube que área seguiria. “Em 2010, aos 16 anos fiz meu primeiro vestibular para Educação Física. Tinha certeza de que era isso que queria para a minha vida. Consegui passar e no ano seguinte comecei minha jornada”, conta Ednham. 

Agora, com 28 anos, começando um novo ciclo de sua carreira há pouco mais de três meses também na Bodytech Tirol, ele garante que, cada dia mais, tem certeza de que escolheu a atividade que mais o faz feliz. Além do prazer de ver o resultado no físico dos seus alunos, ele garante que saber dos benefícios para a saúde o deixa ainda mais grato. “Ouvir de um aluno que ele não precisa mais usar medicamentos para pressão arterial ou diabetes não tem preço”, conclui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: