Macaíba

Todos os casos graves de Covid-19 neste início de ano não completaram esquema vacinal; alerta é da UPA de Macaíba

Um levantamento realizado pela direção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Macaíba, entre janeiro e a primeira quinzena de fevereiro deste ano, apontou que nenhum paciente internado com caso grave de Covid-19 na unidade havia completado o esquema vacinal com as três doses da vacina. Nesse período, quatro pacientes idosos foram a óbito sem completar o esquema vacinal.

Dos 34 pacientes internados no início deste ano, quase 30% não haviam tomado nenhuma dose da vacina e outros 18% haviam tomado apenas a primeira dose. “Os casos que se agravam, que precisam de oxigênio suplementar, de intubação ou de internação em UTI, são em sua grande maioria os não vacinados ou com esquema vacinal incompleto”, comentou o Diretor Clínico da UPA, Dr. Cícero Borges.

Para facilitar a vacinação da população, a Prefeitura de Macaíba criou a Central de Vacinação no Ginásio Edilson de Albuquerque, no centro da cidade, e vem realizando mutirões e dias D de vacinação aos finais de semana. Além disso, o município também está vacinando todas as crianças acima de 5 anos de idade, inclusive em diversos postos de saúde da zona rural.

Completar o esquema vacinal é essencial para evitar casos graves da doença. “Temos esta forte evidência da importância da vacinação implicando de forma definitiva como benefício à população em não desenvolver formas graves da doença. Fica nosso apelo à população, pela preservação da vida, que todos tomem a vacina”, concluiu o médico.

Com informação: Assecom-PMM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: