Pesquisa

Empoderamento feminino na pandemia é tema de artigo científico; trabalho apresenta uma avaliação de como as comunidades pesqueiras artesanais foram impactadas

A bióloga e gestora da Área de Proteção Ambiental Dunas do Rosado (APADR/Idema), Jaciana Barbosa, publicou como coautora um artigo na última edição da revista científica Marine Policy, com o título “Empowering fisherwomen leaders helped reduce the effects of Covid-19 pandemic on fishing communities: Insights from Brazil”, em português, “Capacidade de adaptação de líderes pescadoras ajudou a reduzir os efeitos da pandemia Covid-19 nas comunidades pesqueiras do Brasil”.

No artigo, além de enfatizar as ameaças da pandemia às comunidades pesqueiras litorâneas e continentais que dependem da pesca para seu sustento, os autores enfatizam o papel das mulheres na capacidade de adaptação aos impactos, destacando a participação feminina em toda a cadeia produtiva da pesca, e na segurança e soberania alimentar de suas famílias e comunidades.

“Sabemos que, historicamente, as mulheres lidam com a falta de reconhecimento de suas atividades, o que tem implicações socioeconômicas (como, por exemplo, falta de remuneração por seu trabalho) e de saúde, como a falta de reconhecimento de suas doenças trabalhistas. Estudos dessa natureza vêm apresentar a ascensão e representação feminina no desenvolvimento de atividades econômicas tão importantes como a pesca”, explicou a gestora.

Ainda de acordo com Jaciana Barbosa, “Apesar da pesca ser uma atividade substancialmente exercida por homens, o estudo enfatiza o relevante papel das mulheres na percepção dos impactos. Elas perceberam os danos da Covid como mais severos do que os homens, por exemplo, as mulheres conseguiram perceber as perdas econômicas, como a diminuição de consumidores, e se anteciparam na busca por ajuda financeira ou na adoção de mudanças nos tipos de venda do pescado. Portanto, investir em mulheres como lideranças pode promover uma resposta mais rápida aos impactos”, afirma a pesquisadora.

A publicação é resultado da parceria da bióloga e mestranda em Desenvolvimento e Meio Ambiente da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN, Jaciana Barbosa, com a ecóloga Monalisa Rodrigues, o biólogo André Barros, a estudante de ecologia Cássia Amaral, e a professora Priscila Lopes, doutora em ecologia e atual coordenadora do Laboratório de Ecologia Humana (LABEH) da UFRN.

Marine Policy

É considerado o principal periódico de estudos de política do oceano. Oferece aos pesquisadores, analistas e formuladores de políticas uma combinação única de análises nas principais disciplinas das ciências sociais relevantes para a formulação da política marinha. É publicada na Elsevier editora com cede na Holanda, especializada em conteúdo científico, técnico e médico.

Confira o artigo:

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0308597X2100453X

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: