Artigo

” A história da nossa cidade festeja a história do nosso grandioso Cruzeiro Futebol Clube de Macaíba”

Por Naxson Raley Palhares

Hoje Macaíba está em festa, a história da nossa cidade festeja a história do nosso grandioso Cruzeiro. Time que carregou a memória dos macaibenses por onde ele passou durante esses 84 anos.

Cresci arrodeado do amor depositado por meu pai (Chagas Palhares) nesse clube, suas lutas e batalhas em prol do crescimento do azulão, travadas inclusive contra aquele que diziam ser amantes do clube, mas por trás boicotava o mais querido.Vi e acompanhei todo o crescimento do Cruzeiro, todos os demais presidentes e cada tijolo plantado por eles, não citarei nomes para não ser injusto com nenhum, mas cada um deu o seu melhor por esse time.

Até chegar a minha vez de ser presidente do conselho que o meu pai junto com os primeiros conselheiros fundou, e estando lá tive o prazer de compartilhar com Gaita a implantação do fut7, futsal e do futebol feminino, as duas últimas categorias três vezes campeã do estado e representante do RN e torneios nacionais.

Prezei por não aceitar a perda de nenhum conselheiro, inclusive abrindo o quadro para novos conselheiros que eu achava que amavam o clube, mesmo sofrendo cobranças e sendo julgado terminei o meuMandando tentando ser republicano, mesmo diante uma crise política e de uma eleição onde permitir a participação de todos os conselheiros na votação, abonando os conselheiros que não estavam quites com as suas obrigações para eles exercerem o seu poder democrático do voto e escolher o futuro do clube. Sendo republicano mesmo durante um processo de posse da nova diretoria que infringiu a lei maior do nosso clube (o nosso estatuto).

Me sinto orgulhoso de ter a minha participação nesse processo do Cruzeiro, e saber que sou, segundo o estatuto do clube sócio benemérito (como os demais presidentes) por ter contribuído na manutenção da história desse clube e da história de Macaíba, já que as duas se confundem de tão intrínsecas que são.Contribuímos sem assepsia de pessoas, sem exclusão de conselheiros e democraticamente permitindo a participação do conselho nas decisões da diretoria do clube. Contrário do que se propagou não houve politização no nosso clube durante a nossa gestão, houve sim parcerias e reconhecimentos das mesmas, e cada negociação sempre teve presente dois os mais membros do conselho como testemunhas.

O passado não se apagará e fiz parte dele, o presente diz muito sobre o que foi pregado e o futuro responderá as lacunas deixadas no lapso temporal existente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: