Ciência

Alunos da Escola Agrícola de Jundiaí conquistam medalha de bronze nacional na Olimpíada Brasileira de Robótica 

Por Ramon Soares

Na última terça-feira (14), a Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR) publicou a nota de corte utilizada para determinar os participantes que receberam as medalhas de ouro, prata e bronze na modalidade teórica da competição. A modalidade teórica é dividida em duas fases, que buscam apresentar problemas envolvendo o universo da robótica que possam ser solucionados através de ensinamentos compreendidos no currículo escolar básico. A primeira fase aconteceu no dia 11 de junho e a segunda no dia 25 de agosto, ambas aplicadas no formato remoto.

Os alunos da Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ-UFRN), Miller Matheus Lima Anacleto, do 3° ano, e Jonata de Andrade dos Santos, do 2° ano, ambos discentes do ensino médio integrado ao Curso Técnico em Informática, foram medalhistas na competição e conquistaram o bronze nacional. Miller participa da competição desde 2019, quando participou do pódio com medalha de prata, e Jonata estreou na OBR este ano, já conquistando a medalha de bronze.

Apesar de não objetivar a medalha, Miller acredita que faz parte recebê-la por todo o esforço dedicado à competição. “A medalha nunca é o foco e, sim, uma consequência de um trabalho. Então, é mais um sentimento de reconhecimento pelo que você já fez”, afirma. Jonata, por outro lado, já planeja as próximas conquistas nas Olimpíadas. “Próximo ano, é evidente a minha participação. Apesar de ter feito o possível, vou trabalhar mais e, ano que vem, vou tentar conseguir outra medalha na OBR”, conta.

Com a conquista, a EAJ-UFRN agora acumula 5 medalhas em suas participações na OBR: prata em 2019, duas medalhas de bronze em 2020 e, com as conquistas de Miller e Jonata, duas medalhas de bronze em 2021.

dalha, Miller acredita que faz parte recebê-la por todo o esforço dedicado à competição. “A medalha nunca é o foco e, sim, uma consequência de um trabalho. Então, é mais um sentimento de reconhecimento pelo que você já fez”, afirma. Jonata, por outro lado, já planeja as próximas conquistas nas Olimpíadas. “Próximo ano, é evidente a minha participação. Apesar de ter feito o possível, vou trabalhar mais e, ano que vem, vou tentar conseguir outra medalha na OBR”, conta.

Com a conquista, a EAJ-UFRN agora acumula 5 medalhas em suas participações na OBR: prata em 2019, duas medalhas de bronze em 2020 e, com as conquistas de Miller e Jonata, duas medalhas de bronze em 2021.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: