Ação Social

Macaíba realiza nova campanha contra exploração de crianças e adolescentes

O mês de maio é tradicionalmente marcado pela data que enfatiza a prevenção e o combate à violência sexual contra menores de idade. No dia 18, celebra-se o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes.

Diante disso, até o final deste mês, a Prefeitura de Macaíba, através da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (SEMTAS), irá promover uma série de ações com o intuito de enfrentar esse tipo de violência, estimulando a população em geral a reconhecer e denunciar casos no município, lançando uma campanha com o lema: “Eduque, escute, proteja”.

A campanha tem início nesta semana e se estende no decorrer de maio. Ou seja, vai ser todo o mês de conscientização, principalmente usando ferramentas digitais em virtude do período de pandemia, mobilizando a sociedade macaibense para que esta contribua com a campanha no sentido de ajudar a identificar e denunciar situações que ameacem a integridade sexual da população infanto-juvenil.

Denúncias

Os principais mecanismos para essas denúncias são o Disque 100, serviço nacional que funciona 24 horas por dia e todos os dias da semana, inclusive finais de semana; o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), que atende através dos números 3271-1423 e 99129-4601, de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h às 17h; e o Conselho Tutelar, que atende mediante o 3271-6527, no horário das 8h às 14h, e o 99118-9899 após esse horário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: