Macaíba

Escola Agrícola de Jundiaí promove projeto que conecta sociedade à ciência

Projeto realizado com alunos do ensino médio é responsável por divulgar e proporcionar inclusão científica na sociedade através das redes sociais

Por Ramon Soares

A divulgação e a inclusão científica são responsáveis por propagar conhecimentos pela sociedade e, para além disso, provocar curiosidade àqueles que não possuem contato com o mundo científico. Muitas pessoas, inclusive, passam a enxergar a ciência através de outra perspectiva por viverem experiências proporcionadas pela inclusão científica. Apesar das dificuldades enfrentadas na transmissão desses conhecimentos, o mundo moderno conta com ferramentas, como a internet e as redes sociais, para uma disseminação da ciência.

A partir disso, diversos projetos são criados para estimular cada vez mais a participação de alunos e da população no mundo científico. O Conectados com a Ciência, projeto promovido pela Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ-UFRN), criado em 2012 e em atuação até os dias atuais, busca incentivar a curiosidade científica e motivar a investigação daqueles que buscam respostas aos questionamentos. O projeto é coordenado pelo professor André Stuwart Wayland Torres Silva, conta com a participação de estudantes do ensino médio, e atualmente funciona integralmente por meios virtuais.

O projeto conta com três meios de comunicação e divulgação principais, que são o perfil social no Facebook (facebook.com/ConectadosComACiencia), o canal no YouTube (youtube.com/user/conectadoscomciencia) e o perfil no Instagram (@ccceaj). As três redes sociais são utilizadas para compartilhar, com seguidores e interessados, conhecimentos científicos de maneira didática e informativa.

Atualmente, vídeos são produzidos pelas alunas bolsistas responsáveis e são publicados nas redes sociais do projeto, no YouTube e no Facebook. Os vídeos, de maneira simplificada e efetiva, buscam apresentar experimentos com tutoriais, explicações e curiosidades sobre o mundo científico. Além disso, os materiais utilizados são de baixo custo para estimular a reprodução dos experimentos por aqueles que se interessam, também atuando como importante fator na inclusão científica. E no Instagram são feitas publicações informativas, com textos e imagens, para enriquecer o conteúdo fornecido pelo projeto.

Maíra Lima de Almeida, 17, bolsista do projeto, acredita que o conhecimento é de extrema importância para o crescimento da sociedade, e que o Conectados possui grande importância, mesmo no atual período pandêmico. “O projeto sempre teve o objetivo de conectar as pessoas à ciência, e o meio que utiliza desde o início é o virtual. Então, acredito que, principalmente nesse período, o projeto está sendo de grande importância, pois, devido a pandemia, o virtual é o meio em que estamos vivendo hoje, já que não podemos nos encontrar pessoalmente. Além disso, apesar deste período tão trágico em que vivemos, acredito que o conhecimento sempre nos trará crescimento e melhorias acerca da sociedade, então quanto mais pessoas informadas e alcançadas pelo projeto, melhor.”, afirma.

Maíra também revela que participar do projeto está sendo uma ótima experiência, além de destacar o empenho do professor e coordenador André na realização do Conectados. “Está sendo uma experiência muito incrível! O professor André sempre se mostrou disposto a tirar nossas dúvidas para as explicações dos vídeos, sempre se mostrou aberto para conversar com a gente e sempre nos deu muito apoio. Ele que está sendo nossa principal fonte de apoio e sempre nos instiga a progredir. Está sendo muito incrível mesmo, e sem dúvidas irei levar o projeto para a vida.”, conta. A aluna ainda lamenta ter que deixar o projeto quando sair da escola, porém afirma ser gratificante ver o projeto atingir tantas pessoas. “A gente aprende muito de uma forma prática e leve e, apesar de ser trabalhoso, eu e Iasmin sempre nos divertimos gravando e pesquisando coisas novas. Além disso, é muito gratificante ver o projeto crescer e saber que o conteúdo que estamos produzindo chega para outras pessoas, que é o mais importante, não é? Fazer com que as pessoas realmente se conectem cada vez mais com a física, com a ciência, e, por mais clichê que seja, fazer com que elas também enxerguem a beleza disso tudo”, revela.

O coordenador destaca que a divulgação científica realizada pelo projeto não parou no decorrer da pandemia e continua sendo uma excelente ferramenta de inclusão para as pessoas que acompanham o projeto. “A divulgação científica no Conectados Com a Ciência não parou durante a pandemia por seu caráter exclusivamente online. Nós trabalhamos desde 2012 com a divulgação científica nas redes sociais e isso é um diferencial”, aponta. “A divulgação científica, em qualquer modalidade, é de suma importância e, nesta, torna-se uma ferramenta de inclusão e motivação dos alunos que acessam o canal, especialmente neste momento de distanciamento social que vivemos”, acrescenta.

O professor André ainda conta ter boas expectativas para a realização do projeto durante o ano de 2021, além de ter planos para fortalecer ainda mais a divulgação científica promovida pelo Conectados. “A expectativa é boa! Alcançamos, pela primeira vez, desde 2012, mais de mil inscritos no canal do projeto, e estamos com ideias para incrementar mais ainda o Conectados, inclusive com participações em congressos online”, revela.

Projetos como o Conectados Com a Ciência são importantes difusores de conhecimento pela sociedade, e sua ocorrência só reforça a importância de projetos que, de fato, proporcionam aprendizados à sociedade. Além de atuar como uma forte ligação entre a população e a comunidade científica, também atua como uma ferramenta efetiva para a disseminação de informações corretas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: