Meio Rural

PotiRural: projeto visa criação de espaço para produtores rurais na web

Coordenado pelo professor Márcio Dias, o projeto de extensão “PotiRural: Um espaço para o produtor rural potiguar na web” tem como proposta criar um site denominado PotiRural, com o objetivo de proporcionar aos produtores rurais familiares do Rio Grande do Norte (RN) um espaço virtual na web, facilitando a divulgação e comercialização de seus produtos e o seu acesso a assistência e informações técnicas.
O projeto é o desejo da Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ-UFRN) de trazer o agricultor e produtor familiar rural do RN para a web. O mercado consumidor pode ter efeito determinante na melhoria da qualidade de vida desses produtores, e por isso, o projeto também tem como intuito melhorar a visibilidade de pequenos empresários rurais familiares, atraindo atenção aos seus produtos, contribuindo para a comercialização e promovendo a interação e aproximação entre eles.
A idealização do projeto se deu a partir da necessidade de inserir os produtores no meio virtual e por meio do contato com os mesmos. “A ideia surgiu quando a gente viu que parte dos nossos produtores rurais familiares não têm acesso a esse universo, eles ficam à margem desse processo. Nessas andanças que a gente faz pelo Estado com outros projetos – esse contato que a gente tem com os nossos produtores – a gente identificou essa demanda, essa carência e falta de contato dos nossos produtores com o universo da web”, explica.
Segundo Márcio Dias, a importância do projeto consiste em inserir o produtor rural no meio virtual contribuindo com a formação e informação deste. “A importância é colocar o nosso produtor, sobretudo, o que eles produzem, dentro dessa grande vitrine, neste grande universo que é o mundo da internet, e também levar até eles formação e informação. Então, a grande importância é essa: criar e fazer com que se tenha um espaço onde ele possa se formar, se informar e trocar experiência com outros produtores. Onde possa ter acesso a profissionais especializados e técnicos, e também comercializar os produtos deles”, diz. O coordenador ainda comenta um pouco mais acerca da importância da visibilidade que o projeto também busca para os produtores. “A importância de dar visibilidade para os nossos pequenos agricultores, nossos pequenos empresários rurais, é corrigir uma injustiça, uma desigualdade. O que a gente quer com esse site é tornar esse universo [da web] menos injusto, onde só quem tem mais recurso e mais condição é quem pode ter acesso. Então, essa é a importância: a visibilidade! Contribuir para diminuir as injustiças em relação ao acesso, contribuir para que o produtor consiga expor o seu produto a um maior número de pessoas e com isso melhorar a sua renda e, assim, a sua qualidade de vida.” Os estudantes que fazem parte do projeto estão desenvolvendo o site e são eles que vão entrar em contato e obter o feedback dos produtores, além de gerenciar a página. Todo o trabalho de desenvolvimento, gerenciamento e execução será realizado pelos discentes bolsistas que participam do projeto sob orientação do professor coordenador e dos professores colaboradores. Na parte técnica, do ponto de vista da Agronomia e Zootecnia, por exemplo, os alunos vão produzir textos e ministrar cursos. Além dos professores – que estarão orientando e dando auxílio aos produtores – os estudantes poderão ministrar cursos, produzir conteúdo e atuar diretamente atendendo os produtores. “O site também quer ser esse espaço onde os estudantes possam atuar com orientação e atenção, dando atendimento (de forma virtual) aos produtores, que é um modelo hoje que a gente precisa aprender a lidar. E os professores entram nessa orientação, principalmente aos estudantes, mas também produzindo conteúdos”, comenta o coordenador do projeto.
Luan Souza, estudante e membro do projeto, fala sobre a plataforma e sobre as expectativas quanto à execução do site. “A importância do site é a questão da acessibilidade a todos, porque é uma plataforma online, onde todo mundo pode ter acesso fácil e prático, e o cadastro é muito fácil também. E é uma ‘mão na roda’ para agricultores e produtores (e professores para ajudar uns aos outros) com vendas dos seus próprios recursos, que são plantados na própria região, fazenda ou sítio, e que tem um mercado abrangente de produtos naturalistas. Quem quiser comprar também vai poder fazer o cadastro no site e poder usufruir. Não é obrigatoriamente destinado apenas ao produtor, mas também a pessoas de fora. O consumidor pode usufruir, pode ler matérias, artigos e receitas”, comenta. “A princípio queremos um site que atue mais na região metropolitana de Natal. Na região mais rural, porém perto do litoral porque é uma região próxima a central da UFRN que vai ter nosso servidor, e também próximo da EAJ que é o nosso centro de estudo. E depois expandir para todo o RN”, acrescenta.
Além do espaço para publicação de artigos de opinião, artigos científicos, receitas, e para os cursos e atendimento técnico, o site também pretende realizar uma espécie de feira virtual, onde os agricultores e produtores poderão expor e comercializar produtos. O projeto foi iniciado no ano passado e terá continuidade durante este ano.
Acerca dos resultados esperados, pretende-se levar formação e informação a esses produtores, por meio de cursos, palestras e outros eventos online, trata-se, portanto, de um canal também de extensão. Mas sua pretensão é ser também um local de encontros de produtores e o mercado consumidor, com técnicos e outros profissionais da área de ciências agrárias, criando uma relação de parceria e confiança que contribua para a melhoria do desempenho das empresas rurais familiares potiguares. “A gente espera que realmente o site tenha um impacto positivo como a gente espera do ponto de vista das vendas e do ponto de vista da informação, levando tecnologia e informações técnicas para esses produtores. A expectativa é que a gente atenda e atinja os os nossos objetivos em relação aquilo que nós pensamos para o nosso site”, finaliza o professor e coordenador Márcio Dias.

Por Matheus Henrique – Comunicação EAJ

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: