Educação

Adaptação escolar deve começar pelos adultos, diz pedagoga

Se no final do ano o dilema das famílias é a decisão sobre a escola ideal para as crianças, depois vem um período que exige paciência e algumas acomodações: a adaptação escolar.
Deixar que a criança conheça o novo ambiente ao seu modo e respeitar o tempo dela são alguns dos fatores decisivos no processo. A coordenadora pedagógica Luciana Queiroz, da Escola Lápis de Cor/MOV, dá algumas dicas importantes e destaca: “a adaptação inicia com os adultos”.
De acordo com Luciana, a visita da família à escola pela primeira vez já é o início da adaptação, pois já devem conhecer a proposta pedagógica e como funciona uma instituição educativa para crianças, desde a primeira infância até a adolescência.
“Neste ano atípico, organizamos a adaptação um mês antes de iniciarmos as aulas presenciais, para seguir os protocolos de biossegurança, diz. “As crianças, junto aos pais, iniciarão uma adaptação no meio físico, ajudando, assim, a criar boas memórias de entretenimento nos parques e áreas livres que a escola tem e criar vínculos afetivos, que são essenciais no processo”.
Luciana reforça que a segurança dos pais com relação à escola garante boa parte de uma adaptação tranquila e eficaz. “É importante respeitar o tempo de cada uma e, para que tudo ocorra bem, é preciso atenção a alguns fatores”, explica.
“Quando a criança convive apenas com o pai e a mãe, pode demorar um pouco mais; se tem irmãos, babás e familiares em volta, o processo é mais rápido”, completa. “Mas, em média, atestamos que a criança está adaptada quando ela se despede espontaneamente dos seus pais”.
Evitar novidades no período também auxilia no processo, para que a escola seja realmente um atrativo. “Com muitas experiências diferentes, as crianças menores ficam divididas entre o novo da escola e o novo de fora”, reforça Luciana.
“Não pode haver mudanças radicais de rotina: se a criança dorme tarde e acorda tarde, deve-se adaptar os horários com antecedência do início das aulas”, acrescenta. “Da mesma forma, com a alimentação e o desfralde”.

Luciana destaca que é preciso, acima de tudo, paciência. “A adaptação escolar é um momento de muita novidade para a criança: é a primeira vez que vai para um espaço com muitos adultos e crianças, barulhos (sons de músicas, choros e falas) e muitas imagens que elas veem ao mesmo tempo”, finaliza.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: