Ciência

Em reunião, governadora avança com as tratativas para a construção do Parque Tecnológico

A governadora Fátima Bezerra se reuniu, na tarde desta quarta-feira (25), com a professora Ângela Paiva, docente da UFRN, e secretários do Governo do Estado, para debater sobre o encaminhamento de um ofício que a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec) enviará para a Comissão de Ciência e Tecnologia da Assembleia Legislativa solicitando apoio parlamentar ao projeto do Parque Científico e Tecnológico Augusto Severo (PAX).

“Temos um trabalho de sensibilização juntos às emendas individuais. São 24 deputados, isso para nós é muito importante”, afirmou a governadora.

O prazo estabelecido para apresentação de emendas individuais por parte dos deputados irá vencer dia 26 de novembro. Até essa data, os deputados deverão definir a destinação das emendas no valor de R$ 2,6 milhões para cada parlamentar. O encaminhamento do ofício por parte do Governo do Estado tem como objetivo o pedido para que haja votação de emendas destinadas ao projeto do Parque.

Em agosto desse ano, houve reunião da governadora com o reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), José Daniel Diniz, para discutir sobre a atualização dos trâmites para a implantação do Parque Científico e Tecnológico, que inicialmente seria em Macaíba, e que agora as tratativas avançam para a adequação e reforma de um prédio da UFRN.

O Governo já minutou o Acordo de Cooperação que prevê uma cessão da área para uma associação, e assim avançar com as obras de reforma e adaptação do prédio. O intuito é que a UFRN ceda a área para a Associação Parque Tecnológico.

Além da UFRN, o projeto vem sendo construído em parceria com a UERN, Fiern, por meio do Sesi e do Centro de Tecnologias do Gás e Energias Renováveis (CTGAS-ER), Fecomércio, FAPERN e Sebrae-RN.

O parque irá promover polos de inovação e empreendedorismo em áreas como energias renováveis, mineração, pesca, aquicultura, setor têxtil, turismo, fruticultura e serviços, além de estimular a cultura do empreendedorismo inovador a partir da junção de Governo, Academia e setor privado, desenvolvendo áreas importantes e que requerem ciência e tecnologia de alto impacto, o que trará benefícios para o Estado, fomentando a pesquisa e atraindo empresas.

O Governo do Estado investirá R$ 8 milhões, com recurso que faz parte do acordo de empréstimo do Governo do Estado, por meio do Governo Cidadão, com o Banco Mundial.

“Estamos felizes com a avaliação do consultor do Banco Mundial, o parecer reconhece a qualidade do projeto,  admite ser de muita competência, e que o time está organizado”, declarou a Ângela Paiva, docente da Universidade que está à frente da iniciativa.

Também estiveram presentes na reunião o secretário do Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado; o secretário e o secretário-adjunto da Secretaria de Estado do Planejamento e das Finanças (SEPLAN), respectivamente, Aldemir Freire e Pedro Lima; o presidente e o diretor de Inovação da Fundação de Apoio à Pesquisa do Rio Grande do Norte (FAPERN), respectivamente, Gilton Sampaio e Júlio Resende.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: