Comportamento

Pesquisa mostra crescimento 40% do uso de bancos digitais

Apesar dos consumidores utilizarem canais digitais, muitos ainda continuam clientes de instituições tradicionais
Uma pesquisa realizada recentemente pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) apontou que o principal fator para o aumento da procura de serviços digitais são as isenções de taxas e a menor burocracia, fazendo com que bancos tradicionais se adaptem à nova realidade, reduzindo suas taxas. Cerca de 40% dos consumidores brasileiros tem utilizado serviços de bancos digitais, aponta a pesquisa.
A coordenadora do curso de Administração da Faculdade UNINASSAU Natal, Isabella Mendonça explica que, muitas pessoas utilizam a nova modalidade para pagamento de contas, verificar extratos e saldos, saques e outros. “Clientes de bancos digitais são aqueles que prezam pela praticidade, não querem perder muito tempo em filas, e compreendem a evolução tecnológica na qual estamos inseridos”, pontua.
A praticidade e a isenção de taxas fazem com que os clientes percam o receio de utilizar a tecnologia. A adesão dos serviços digitais entre os mais jovens se torna mais comum, porém, aos poucos, vem ganhando espaço entre os que estão mais acostumados aos serviços tradicionais.
Para a jornalista, Silvia Fragoso, um dos principais motivos de escolher um banco digital foi pela isenção das taxas. “Os serviços são ótimos, além da praticidade, conto também com as isenções de taxas, que em bancos tradicionais chegam a ser abusivas”, conta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: