Educação

Plataforma online amplia acesso para alunos da rede estadual do RN para manter processo de aprendizagem

Garantir que os estudantes continuem aprendendo diante do contexto de pandemia do Coronavírus e suspensão de aulas presenciais que é vivido hoje no Rio Grande do Norte, é um desafio para educadores e gestores da educação do Estado. As aulas estão suspensas desde o dia 18 de março, quando as medidas para conter o avanço do vírus chegaram às escolas potiguares. O que fazer então para garantir a continuidade do ensino? Apostar no formato remoto. Por isso, enquanto os portões das escolas permanecem fechados, ganham espaço plataformas de ensino on-line, como a Clickideia.

O portal, que presta serviço para 24 unidades escolares do RN, decidiu ampliar de forma gratuita o acesso do sistema à toda rede estadual de ensino. Em pouco tempo, cerca de 500 escolas e aproximadamente 1200 professores e 10 mil alunos estão sendo beneficiados com ação de se cadastrarem no sistema, mantendo um contato permanente e eficaz com os estudos.  Isso porque, além de liberar o conteúdo aos estudantes, a Clickideia ainda proporciona formação continuada aos professores.

Os recursos digitais são hoje indispensáveis no cenário atual. No Rio Grande do Norte, ainda não há data definida para o retorno das atividades educacionais, antes com previsão para agosto. Por isso, a ferramenta torna-se cada vez mais necessária.

De acordo com o professor de história, Alamo Garcia Azevedo, que atua na escola Estadual Luiz Dantas Cavalcanti, em Mossoró (RN), que é beneficiada pelo Projeto Social da Clickideia, nomeado de Clicksocial, o Portal é uma ferramenta plural com diversas alternativas didáticas. “A plataforma é sensacional, tem inúmeras alternativas didáticas, propiciando uma aprendizagem colaborativa e dinâmica entre professor e aluno, onde o centro da intencionalidade pedagógica é o aluno. Essa nova realidade é um momento para repensarmos a educação. Acredito que seja uma excelente experiência tanto para alunos, quanto para professores”, conta.

Apesar de os recursos on-line terem ganhado espaço com as restrições de isolamento durante a pandemia, uma das maiores dificuldades de gestores e professores é a falta de acesso à internet por parte dos alunos, que fez os professores novamente terem que criar alternativas para não excluir essas pessoas. “Temos um grande número de alunos sem celular, sem internet ou sem nenhum dos dois. Resolvemos criar atividades possíveis de trabalhar nessas realidades. Para os conectados, selecionamos e indicamos os conteúdos e para os que não têm acesso, reproduzimos o material digital em um conteúdo similar impresso. Assim, evitamos prejuízos ao aprendizado dos alunos”, explica Alamo.

Já para o professor de Língua Inglesa e Espanhola, José Rosamilton, que atua na Escola Estadual Vicente de Fontes, em José da Penha (RN), também beneficiada pelo Clicksocial, a plataforma Clickideia contribui para a melhoria da qualidade de aprendizado dos estudantes. “Ministro aulas para alunos de ensino médio, em que a plataforma possibilita a eles o acesso a conteúdos e atividades que enriquecem seus saberes. Além disso, também pude aprimorar minha formação profissional, pois acesso ao sistema e verifico conteúdos disponíveis, encontro novas possibilidades e aplico as atividades para os alunos”, conta José.

Segundo a assessora pedagógica da 8° DIREC da região de Angicos, Aguédia Zuza, através da Clickideia pôde-se trabalhar dificuldades de alunos que necessitavam de acompanhamento individual para desenvolver algumas habilidades, ampliando os conhecimentos de forma direcionada.

“Tenho recebido feedbacks de professores da região em que os alunos adoraram as atividades lúdicas, com aprendizagem dinâmica e divertida, visto que não é fácil envolver os estudantes a participarem de aulas nesse período tão adverso. Os professores têm explorado melhor a plataforma nesse período de pandemia e descoberto ferramentas novas que estão fazendo o ensino continuar ativo, dentro do possível”, relata a pedagoga.

A plataforma realiza em setembro uma série de lives para debater a educação na atualidade, com a participação de diretores, coordenadores e professores das escolas do Rio Grande do Norte. No dia 03, o tema abordado será a aprendizagem remota e as estratégias e desafios de quem faz acontecer. Já no dia 04, será a vez de dar destaque ao Setembro Amarelo, abordando a prevenção da saúde mental na escola.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: