Ação Social

Comissão da Câmara Municipal de Natal visita Instituto Internacional de Neurociências, em Macaíba

Os vereadores da Comissão dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida da Câmara Municipal de Natal visitaram nesta quarta-feira (23) as instalações do Centro de Educação e Pesquisa em Saúde Anita Garibaldi (CEPS) e do Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra (IIN-ELS), em Macaíba, que atuam no campo do ensino e da pesquisa para oferecer tratamento a crianças e adultos com deficiência.

“Para nós da comissão é motivo de satisfação comprovar o trabalho do instituto e ver como é possível a integração da saúde, educação e reabilitação. É algo que precisa ser mais explorado pela população e ter mais investimentos do poder público para que mais pessoas sejam beneficiadas”, destaca a vereadora Júlia Arruda (PDT), presidente da comissão.

O CEPS é habilitado pelo Ministério da Saúde como Centro Especializado em Reabilitação (CER III) nas áreas de deficiência auditiva, física e intelectual e atende através de oito clínicas especializadas em epilepsia (infantil e adulto), Parkinson, Transtorno do Espectro Autista (TEA), Lesão Medular (Infantil e Adulto), microcefalia, bexiga e intestino neurogênicos, deficiência auditiva (infantil e adulto) e prematuridade. “Hoje o centro é referência em saúde infantil e receber uma comissão de vereadores é importante para dar visibilidade ao que fazemos em nível de ensino, pesquisa e extensão. Somos CER III desde 2016 e atendemos aos municípios da Região Metropolitana encaminhados pelo SUS”, explica a gerente do centro, Lílian Lisboa.

A visita se estendeu ao Instituto Internacional de Neurociências, que é referência no Brasil na área. Ambos são unidades do Instituto Santos Dumont, que atua nas áreas de saúde e educação, saúde materno-infantil e da pessoa com deficiência, neurociências e neuroengenharias. As unidades trabalham em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e seus hospitais universitários.

Os vereadores conheceram a laboratórios do instituto, equipamentos e máquinas utilizadas em pesquisas que estão sendo desenvolvidas na reabilitação de pacientes, inclusive as que utilizam realidade virtual e realidade aumentada para simular situações em ambiente controlado, levando ao tratamento de diversas fobias. “Reconhecemos a importância dessa interação com o Poder Legislativo, uma vez que somos referência para tratamento de pessoas com deficiência. Essa interação mostra como o sistema de saúde pode ser fortalecido porque  experiências e vivências que funcionam devem ser divulgadas para que a população conheça os caminhos de acesso a elas”, enfatiza o diretor geral do Instituto Santos Dumont, Reginaldo Freitas.

Os vereadores Robson Carvalho (PMB) e Divaneide Basílio (PT) participaram da visita e externaram a satisfação em conhecer os serviços oferecidos. “Conhecemos o trabalho dos profissionais e os serviços que são oferecidos e precisamos estreitar os laços com instituições desse porte”, disse Robson Carvalho.

Já Divaneide enfatizou que é uma experiência emocionante conhecer um serviço público eficiente, voltado para tratamento de pessoas com deficiência. “É um processo de estudo e práticas de inclusão, pensadas em como as pessoas com deficiência podem ser bem acolhidas. Neste sentido, temos que reforçar que existem alternativas como esta que precisam ser fortalecidas”, destacou a parlamentar.

Texto: Cláudio Oliveira
Fotos: Marcelo Barroso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: