Educação

Técnicos do Banco Mundial conhecem projeto do PAX nesta sexta-feira

Os técnicos do Banco Mundial conhecem nesta sexta-feira, 27, o projeto de instalação, viabilidade e governança do Parque Científico e Tecnológico do Rio Grande do Norte – o qual ganhará o nome de Augusto Severo/PAX. A apresentação será realizada a partir das 9h, no prédio onde a Secretaria Extraordinária para Gestão de Projetos e Metas de Governo e Relações Institucionais (SEGRI) está localizada, no Centro Administrativo do Estado do RN, pela equipe multi-institucional que trabalhou na elaboração dos estudos que embasam o projeto.

A Assessora especial do gabinete que coordena o projeto do Parque, Ângela Maria Paiva Cruz, frisou que o resultado do Estudo de Viabilidade Técnica e Econômico-Financeira e Plano de Negócios indica a possibilidade de implantação de um projeto duradouro, caso investimentos públicos e do setor privado sejam agregados. “Há algumas situações, com metas específicas, que precisamos atingir para tornar o PAX sustentável a médio prazo. No nosso planejamento, elas são alcançadas mediante disponibilidade de recursos para infraestrutura, sobretudo para a disponibilização dos lotes de terrenos para futuras instalações de laboratórios, centros de pesquisa e inovação por parte das instituições interessadas no ecossistema de empreendedorismo inovador”, colocou Ângela Paiva, exemplificando que a modulagem para a ocupação dos espaços está dividida em três fases, de acordo com o cronograma para atingimento de objetivos estabelecidos.

Sobre o Parque, a ex-reitora da UFRN esclareceu que as áreas de interesses iniciais são energias, reabilitação em saúde e tecnologia de informação. “A escolha não foi aleatória. Observa-se que, nessas áreas, há competências solidificadas no âmbito do Rio Grande do Norte. A titulo exemplificativo, cito as energias renováveis, as quais precisamos de estratégias e ferramentas para fortalecer o ecossistema de produção de energia eólica aqui na nossa região”. Ângela Paiva explicou ainda que o modelo de governança proposto é de organização sob a forma jurídica de associação de direito privado.

Parque Científico e Tecnológico do Rio Grande do Norte Augusto Severo (PAX)

Localizado na cidade de Macaíba/RN e uma área prevista de 50 hectares, o Parque Científico e Tecnológico do Rio Grande do Norte Augusto Severo (PAX) está inserido em um ambiente de inovação proveniente da parceria entre Instituições Científicas, Tecnológicas  e de Inovação/ICTs, Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Federação das Indústrias, Federação do Comércio, Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas e prefeituras da Região Metropolitana de Natal. O PAX tem vocação inicial nas áreas de energias, reabilitação em saúde e tecnologia de informação com ampla oferta de espaços e serviços para as entidades apoiadoras e empresas. O Parque Científico e Tecnológico Augusto Severo contará também, em seu ecossistema, com incubadora e aceleradora de empresas, oferta de serviços de propriedade intelectual através da Agência de Inovação da UFRN e de diversos laboratórios de pesquisa e inovação das ICTs associadas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: