Artigo

Morre jornalista e escritor Francisco Carlos de Souza (Carlão)

Por Tadeu Oliveira

Lamento muito o falecimento do jornalista e escritor Francisco Carlos de Souza (Carlão), 60 anos, na manhã desta sexta-feira, 16 de agosto.

No Jornal Tribuna do Norte cheguei a participar com ele nas edições do Caderno “TN Escola”, projeto que criei, quando pauta sobre educação ainda causava desdém em setores da redação. Mas foi em Macau que convivemos.

Bons tempos, quando juntos colaboramos para construção física de uma escola comunitária, tijolo por tijolo, destinada aos moradores do bairro Porto do Roçado: “Colégio Ressurreição”. Lá, no Ressurreição, também estudamos dois anos seguidos, quinta e sexta séries, e edificamos um grupo de estudo e amigos, como: Marquinhos de Zé Oliveira, Cacique, Verônica, Laura Cunha, Zé Wilson “Mago”, Pedoca, Getúlio, Zé Antônio e Sandra (irmã dele).

Carlão, a turma da escola o chamava de “Pantera”, gostava da poesia de Caetano e da guitarra de Santana; Eu e Getúlio ouvíamos as canções de Roberto e Erasmo Carlos todos sentados no banco da Praça Dinarte Mariz, perto da cada dele, na Rua Marechal Deodoro, em Macau.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: