Folha de Macaíba

Dez nomes na disputa pela prefeitura de Macaíba

Por Tadeu Oliveira

Quase um time de futebol. Comentam-se nos meios políticos que já são dez postulantes ao cargo de prefeito de Macaíba. Professores, vereadores, profissionais liberais, servidores públicos, autônomos, comunicadores, militantes sindicais, entre outros, estão na lista de interessados (as) em assumir o comando do Executivo municipal, hoje ocupado pelo médico Fernando Cunha. Quando os partidos não tomam logo uma posição sobre a sucessão municipal, é um forte indício que as coisas não caminham bem, principalmente no segmento de oposição.

O bloco da situação também tem encontrado dificuldades para fechar um nome convergente com todos os segmentos mapeados. Ainda não, mas… não subestime a capacidade de ninguém durante as negociações para formação de um bloco partidário, é difícil um candidato ser eleito sozinho. Tenho dito que a divergência faz parte do processo partidário, principalmente em período de organização de chapa, o chamada pré-campanha.

O período não é apenas favorável para realização de pesquisa eleitoral, mas fazer leitura correta do quantitativo apresentado pelas sondagens. As pesquisas não são bem aproveitadas no momento exato: quando estão concluindo chapas, como agora no segundo semestre. Escute o que o eleitor que falar.

Escola Agrícola de Jundiaí

As provas do Exame de Seleção 2019.2 da Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ) serão aplicadas dia 16 junho de 2019, das 14h às 17h, no setor de aulas da graduação na EAJ. As avaliações serão compostas por 10 questões objetivas, contextualizadas nas ciências agrárias, abordando conteúdos de língua portuguesa e matemática de nível fundamental, e por uma redação. Há reserva de metade das vagas para quem cursou o ensino médio integralmente em escolas públicas. Dessa parte, 50% é destinada a candidatos cuja renda familiar bruta é igual ou inferior a um salário mínimo e meio. Também há reserva para autodeclarados pretos, pardos ou indígenas. A EAJ também dispõe de auxílios de assistência estudantil aos alunos regularmente matriculados em cursos técnicos presenciais. Estão disponíveis bolsas de alimentação, transporte e moradia.

Minha Casa, Minha Vida

Boa notícia para aquelas pessoas que sonham em comprar a casa própria. A Caixa Econômica Federal promete reduzir as taxas de juros cobradas no financiamento imobiliário com recursos da poupança. De acordo com o vice-presidente de Habitação da Caixa Econômica Federal, Jair Luís Mahl, a nova taxa passou para 8,5% ao ano. “Agora, ela (Caixa) está reduzindo a taxa de juros para financiamentos habitacionais que não estão enquadrados no Minha Casa, Minha Vida – que são aqueles recursos que são oriundos da poupança. Então, foram esses financiamentos habitacionais que nós, agora, reduzimos a taxa para até 8,5% ao ano”, conta. As novas taxas vão valer não apenas para a aquisição de imóveis novos, mas também para o financiamento de imóveis usados, a compra de terreno para construção, a construção em terreno próprio, além de ampliações e reformas.

Cruzeiro sem recurso para disputar o acesso

Por carência de recursos, o Cruzeiro Futebol Clube de Macaíba deverá desistir de disputar a segunda divisão do Campeonato Estadual de Futebol do Rio Grande do Norte. O certame, que é promovido pela Federação Norte-rio-grandense de Futebol (FNF), garante acesso de mais uma equipe para compor a elite do futebol potiguar em 2020. A crise do futebol macaibense é grande, mas ficou gritante quando não se construiu um estádio onde instalaram a Villa Olímpica. Por exemplo, o município de Ceará-Mirim está muito bem na fita porque construiu seu estádio, o Barrettão. Aqui é assim mesmo: gasta-se 200 para evitar que o outro ganhe 20. Ufa.

Entre a cruz e a espada

O patamar de 31,6 homicídios por 100 mil habitantes, registrado nos últimos dois anos no Brasil, pode ser explicado – principalmente nas regiões Norte e Nordeste – pela guerra entre facções criminosas. A constatação vem do Atlas da Violência, divulgado, dia 5 deste mês, pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP). O coordenador de Estudos e Políticas do Estado, das Instituições e da Democracia do Ipea, Hélder Ferreira, analisa que esse agravo de homicídios por conta de facções nas regiões Norte e Nordeste pode ser notado nos massacres que ocorridos em presídios. Macaíba precisa desenvolver pesquisa científica sobre taxa de homicídio, urgente.

Cuidador de idosos

Segundo dados do Ministério do Trabalho, em dez anos, de 2007 a 2017, a atividade de cuidador de idosos teve crescimento de cerca de 550%. Com esses números, lidera o ranking das ocupações que mais ganharam espaço no mercado. Não é difícil entender o motivo quando se lembra que a expectativa de vida no Brasil passou de 54 anos, na década de 60, para 76, em 2018. Os números vão colocar o país na sexta posição dos números índices com a maior quantidade de idosos até 2025. Portanto, à medida que a população envelhece, a necessidade de cuidados especiais aumenta. A atividade de cuidador, no entanto, nunca foi regulamentada.

Texto extraído da Coluna Anote da edição de junho da Folha de Macaíba.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.