Saúde

Semana “Saúde na Escola” aborda importância da vacinação

Entre os dias 8 e 12 de abril, os estudantes de mais de 91 mil escolas espalhadas em todo o país realizarão atividades relacionadas à importância da imunização e do autocuidado. O assunto é o tema da Semana Saúde na Escola 2019, realizada anualmente pelo Ministério da Saúde, em parceria com o Ministério da Educação. O tema está alinhado com a prioridade do Governo Federal de fortalecer a vigilância para aumentar a cobertura vacinal no país.

“A imunização é um direito das crianças e adolescentes e o Programa Saúde na Escola estimula que as equipes das unidades de saúde e das escolas realizem atividades para promover que os escolares tenham esse direito garantido”, enfatizou Michele Lessa, Coordenadora-Geral de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde.

Na semana, as equipes de saúde e educação trabalharão juntas para informar e desenvolver ações de prevenção à saúde envolvendo os estudantes, professores, pais e funcionários. Além de apresentar o que são as vacinas, para que servem e a importância delas para a saúde, as atividades sensibilizam a comunidade sobre a importância de manter a caderneta de vacinação atualizada. Também será trabalhada a importância da vigilância em saúde por todo o ano. “A conscientização é essencial, já que doenças como rubéola, caxumba e sarampo, por exemplo, causam impacto, não só na saúde, mas também na frequência escolar”, completou Michele Lessa.

Criado em 2007, o Programa Saúde na Escola é uma iniciativa dos Ministérios da Saúde e da Educação (MEC). Desde 2012, quando foi instituída, a semana já abordou alimentação saudável, combate ao Aedes aegypti, práticas corporais e saúde ocular. O investimento anual do Governo Federal no último ciclo do PSE foi de R$ 89 milhões. Mais de 95% dos municípios brasileiros aderiram ao Programa. As ações envolvem um universo de 22 milhões de estudantes de 91.659 escolas e todas as equipes da atenção básica do SUS.

IMUNIZAÇÃO E VACINAÇÃO

O atual governo iniciou a gestão com taxas de imunização muito baixas, que no geral vêm caindo ano a ano, até chegarem a perto de 80% no ano passado, patamar longe da meta de, no mínimo, 95% na maioria das vacinas. Por isso, pela primeira vez, o Governo Federal estabeleceu a vigilância e vacinação como meta prioritária de governo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: