Cidade

“Uber das Diaristas” fará mutirão de cadastramento em comunidades de Natal

Uma equipe ligada ao aplicativo “Broomy”, chamado de “Uber das Diaristas”, realiza, nesta sexta-feira (08) e no sábado (09), duas ações de cadastramento de profissionais interessadas em fazer parte da iniciativa, no município de Natal. Primeiro, os moradores do bairro Felipe Camarão receberão o grupo, a partir das 15h, na ONG Lar Fabiano de Cristo. No dia seguinte, o mutirão será na Associação de Moradores do bairro Nossa Senhora da Apresentação, às 10h. A previsão é de que o aplicativo, que já recebeu cerca de 50 cadastros desde a última segunda-feira (04), esteja apto a atender aos pedidos de serviço ainda nesta semana.

Além do cadastramento, a equipe planeja fazer o primeiro treinamento com as profissionais interessadas. “Nestas ações, vamos apresentar o passo a passo do App e explicar que tudo funciona de maneira muito simples”, disse Diogo Catão, um dos idealizadores do aplicativo.

Segundo ele, a interessada precisa ter, em mãos: CPF, RG, comprovante de residência atualizado e dados bancários (conta corrente ou poupança); preencher e enviar um formulário pelo sitehttp://broomy.com.br/cadastro; e após a aprovação de seus dados, entrar no aplicativo utilizando o CPF para verificar ofertas disponíveis próximas à sua casa; aceitar uma diária e comparecer à casa do cliente no horário marcado para realizar a limpeza residencial. A diarista receberá, semanalmente, os pagamentos dos clientes diretamente na conta bancária. Cada serviço está avaliado em, pelo menos, R$ 85,14 para oito horas de limpeza residencial.

Segurança – Daniel Barros, outro idealizador do “Broomy”, destaca a questão da segurança proporcionada pela inciativa. “O aplicativo foi apelidado de ‘Uber das diaristas’ porque funciona de maneira parecida, com um mapa indicando exatamente o local onde será realizada a limpeza. O usuário solicitante faz o pedido e as diaristas cadastradas podem aceitar ou não a solicitação, de acordo com a disponibilidade de dia e local, tudo de maneira prática e segura, já que os dados das cadastradas são ligados ao Google e cada uma passa por análise de antecedentes criminais” explicou.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s