COSERN FARÁ OPERAÇÃO ESPECIAL COM 150 PROFISSIONAIS NESTE FINAL DE SEMANA

A Cosern, empresa do Grupo Neoenergia, montou uma operação especial para reforçar a confiabilidade do sistema elétrico potiguar e prevenir eventuais transtornos no fornecimento de energia durante a realização das eleições 2018.

Durante todo o processo de votação e apuração neste domingo (07) e no segundo turno (28), a Concessionária trabalhará em regime especial de plantão em todo estado para atender possíveis emergências. Uma equipe formada por 150 profissionais está envolvida na operação e ficará de sobreaviso para atuar em casos de necessidade.

Para facilitar a comunicação com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), a Cosern disponibilizou um contato direto com o Centro de Operações e Informação (COI) para priorizar o acionamento das equipes.

A operação especial da Cosern para as Eleições 2018 incluiu também a inspeção visual e termográfica de linhas de transmissão e subestações estratégicas como as da Ribeira e do Centro, em Natal, que atendem ao TRE. A concessionária também não fará os chamados desligamentos programados no próximo sábado (06) e domingo (07) e inspecionou todos os circuitos que atendem às centrais de apuração.

Recomendações técnicas para os locais de votação

Tão importante quanto o planejamento realizado pela Cosern para as Eleições 2018 é a revisão das instalações elétricas dos imóves e equipamentos usados para a realização das eleições.

Por isso, a Concessionária recomenda aos responsáveis pelo Tribunal Regional Eleitoral (TER) que seja feita uma revisão nas instalações elétricas internas nas zonas, seções e centros de apuração. Um técnico em eletricidade qualificado e de confiança deve verificar, entre outros aspectos:

• Se os condutores e equipamentos de proteção (disjuntor e fusível) estão dimensionados adequadamente, de acordo com a carga instalada. Em caso de necessidade de aumento da carga, é preciso providenciar a readequação das instalações e informar à Cosern no telefone (116);

• Se as instalações estão em bom estado de conservação, com fios sem emendas e devidamente encapados;

• Se as instalações estão devidamente aterradas, com a utilização de fio terra, de acordo com a norma da ABNT;

• Se os componentes elétricos são de boa qualidade, especialmente os equipamentos de proteção (disjuntor); e

• Se os circuitos internos estão devidamente equilibrados entre as fases.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s