Inteligência financeira transforma álbum em viagem para Copa do Mundo

Se você está assistindo a Copa do Mundo da Rússia pela televisão, sentado no sofá da sua casa, saiba que pode mudar esse quadro para a Copa de 2022, no Qatar, apenas somando um pouco de inteligência financeira ao valor gasto com o álbum de figurinhas. Luiz Mar, professor da Escola Conquer, aceleradora de pessoas que desenvolve habilidades fundamentais para quem deseja se destacar, ensina como como a compra de figurinhas, febre durante a Copa do Mundo, pode ser algo vantajoso. Confira:

1) Considere o valor gasto para comprar todas as figurinhas

Para essa análise, vamos considerar o gasto com o álbum como se você tivesse que comprar todas as figurinhas para completá-lo, sem fazer trocas. Suponha que você comprou o álbum todo e está gastando R$2,00 para comprar um pacote de figurinhas. Para completá-lo, você vai desembolsar (segundo cálculos estatísticos) mais ou menos R$ 2 mil. É claro que os gastos são maiores por não efetuar trocas. Aliás, já pensou quantos gastos no seu dia a dia seriam evitados se começasse a trocar, compartilhar e ou reutilizar coisas? Pequenos gastos e compras rotineiras podem comprometer bastante a renda.

2) Custo médio de viagem para a próxima Copa

Se ao invés de completar o álbum, você começasse a poupar com esse valor inicial de R$ 2 mil, utilizando a inteligência financeira para investir e economizar um pouquinho todos os meses e evitando gastos desnecessários, o sonho de estar na próxima Copa seria totalmente possível. Vamos aos números.

Alguns sites mostraram o quanto custa, em média, ir para uma Copa do Mundo. Colocando na conta passagens, transporte, alimentação, hospedagem, passeios locais e ingressos dos jogos (um na primeira fase, um das oitavas, um das quartas, um da semi e a final, todos na categoria intermediário), a viagem toda, sem muito conforto envolvido, ficaria próxima dos R$ 18 mil. Fazendo um exercício de futurologia, se considerarmos uma inflação média de 3% ao ano para os próximos quatro anos, o custo corrigido para 2022 ficaria próximo a R$ 20 mil.

3) Aplique a inteligência financeira ao valor

Supondo então o investimento inicial de R$ 2 mil aplicado a um rendimento conservador que gere 0.7% ao mês e fazendo aportes mensais nesse investimento de aproximadamente R$ 300, você vai juntar ao longo de quatro anos o montante de quase R$ 20 mil e poderá fazer as malas para curtir os jogos longe da televisão. E, possivelmente, conseguiria juntar ainda mais se deixasse de colecionar figurinhas e começasse a colecionar ações de empresas na bolsa de valores, conseguindo eventualmente rendimentos superiores aos 0.7% ao mês.

Se começar hoje a tomar boas decisões financeiras e se planejar, o Qatar pode ser a recompensa por seu empenho e dedicação. Partiu Qatar!

Inaugurado pavimentação do acesso ao Centro Industrial Avançado de Macaíba

Após vinte anos de reivindicação, os industriais de Macaíba ganharam hoje o acesso ao Centro Industrial Avançado de Macaíba (CIA). Valeu a luta da Associação dos Empresários do Polo Industrial de Macaíba, a Asspim, que resistiu por todo esse tempo.

A inauguração foi realizada nesta quinta-feira (28) pelo Governo do Rio Grande do Norte.  “Estamos realizando hoje um sonho de duas décadas. O que antes era terra e muita areia, hoje é uma estrada novinha, que vai aumentar a produtividade das indústrias e os empregos da região”, disse o governador Robinson Faria.

Desde que foi criado nos anos 1990, o Distrito Industrial de Macaíba, às margens da BR-304, não possuía acessos pavimentados. Com investimentos na ordem de R$ 1,5 milhão, a extensão de 2,2 km foi pavimentada e sinalizada a fim de proporcionar melhor tráfego e economia para a produção, bem como facilitar o acesso aos mais de 3 mil trabalhadores das empresas instaladas, conforme defendeu Sandro Peixoto, da Condimentos Sadio. “Os empresários estão felizes, o nosso pesadelo acabou. O governador nos ouviu, foi o único durante todo esse tempo a se sensibilizar e ter a iniciativa. Agora, as empresas vão poder investir mais”, ponderou o empresário ao agradecer a realização da obra.

Presidente da Associação dos Polos Industriais do RN, Hélio Oliveira reforçou a ideia de que a conclusão da obra representa um avanço para o desenvolvimento da economia local. “Este é um momento de alegria, celebração e reconhecimento. Dentre uma série de dificuldades econômicas existentes no Governo, o governador priorizou o emprego e a renda e reconheceu a importância dessa obra não só para os empresários, como para o desenvolvimento de Macaíba”, disse ao destacar que a partir de agora a tendência é de crescimento. “Esperem que os empregos crescerão, pois esta obra se configura como uma grande motivação para nós empresários”, completou Hélio.

A pavimentação vai permitir ainda que as empresas de transporte coletivo ofereçam linhas regulares de acesso àquela região, assim como os serviços de coleta de lixo e de entrega dos Correios que antes eram inviáveis devido a falta de acessibilidade.

Atualmente o Polo Industrial conta com 30 empresas, que geram três mil empregos. Entre elas estão a Condimentos Sadio, Produtos Boku’s, DVN Vidros, e Fortcola Argamassado

Proadi e novo Centro de Educação Profissional – Na ocasião, o governador anunciou a assinatura do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Industrial (Proadi) com as empresas Rejunta Mix, Condimentos Sadio e Biscoitos Parati.

Também assegurou mais investimentos ao município de Macaíba com a assinatura da Ordem de Serviço para Construção do Centro de Educação Profissional no Distrito de Mangabeiras, em Macaíba. “Escalei muitas muralhas para estar aqui, trazendo mais investimentos tão importantes como estes para Macaíba e deixando legados”, destacou o chefe do Executivo estadual.

Para a construção do Centro serão investidos cerca de R$ 10 mil, oriundos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, com contrapartida do Governo do RN. A unidade atenderá em tempo integral 480 estudantes de ensino médio e profissional e seguirá o padrão das outras sete unidades já existente no Estado, com 12 salas de aula, auditório, quadra coberta e laboratórios de línguas, informática, química, física, biologia e matemática.

O prefeito de Macaíba, Fernando Cunha, em seu discurso enfatizou os investimentos que o governo tem feito na cidade. “Hoje estamos vendo a palavra do governador sendo cumprida. Além das ações de hoje, devemos lembra que foi nessa gestão que tivemos nossa maternidade reaberta, uma escola na Comunidade Traíras, ampliação dos leitos de UTI do hospital, a reforma da Escola Estadual Auta de Souza e mais um Restaurante Popular”, lembrou.

Além dos já citados, também participaram da inauguração os secretários de Estado Jáder Torres (Infraestrutura), Renato Marinho (Desenvolvimento), Cláudia Santa Rosa (Educação), o diretor geral do Departamento de Estradas e Rodagem (DER), General Fraxe, o presidente da Câmara Municipal de Macaíba Gelson Lima, além de empresários e funcionários do Polo, vereadores, gestores e servidores municipais e estaduais.

COSERN É RECONHECIDA COMO A EMPRESA QUE MAIS INVESTE EM CULTURA NO PRÊMIO TOP OF MIND

A Cosern, empresa do Grupo Neoenergia, foi premiada na noite desta 2ª feira (25) com o troféu Top of Mind 2018 como a empresa potiguar que mais investe em Cultura.

Esta é a 8ª vez que a Distribuidora potiguar é laureada com o troféu, entregue pela Revista Foco Nordeste aos 30 segmentos de mercado mais lembrados em entrevistas feitas pelo Instituto Smart Pesquisa de Opinião com 780 natalenses de 01 a 30 de abril em todas as regiões da capital.

Prestigiou a cerimônia a gerente de Comunicação Externa da Cosern, Karine Severo. Ao receber o troféu, Karine ressaltou os investimentos em cultura e lembrou que o papel da Cosern vai muito além do fornecimento de energia elétrica. “Desde 1999, foram investidos mais de R$ 38 milhões através de leis de incentivo à cultura federal e estadual, como prova de que a empresa tem compromisso com a sustentabilidade do nosso estado. É com muita alegria que recebemos esse troféu, ele demonstra o reconhecimento do público por todo o esforço da Companhia em se manter fomentando a cultura potiguar”, concluiu.

Somente em 2017, a Cosern apoiou a realização de 19 projetos culturais nos segmentos de música, cinema e audiovisual, educação e literatura, artes cênicas, e cultura popular, incentivados por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura Câmara Cascudo, totalizando um investimento de R$ 2,1 milhões.

Sobre a pesquisa

A pesquisa Top of Mind 2018 ouviu 780 consumidores natalenses de todas as regiões da Cidade no período de 1 a 30 de abril. A pesquisa tem uma margem de confiança de 95% e uma margem de erro de 3%. Foram feitas pesquisas com consumidores moradores na Zona Norte: Igapó, Lagoa Azul, Nossa Senhora da Apresentação, Potengi, Redinha e Pajuçara; Zona Oeste: Bom Pastor, Quintas, Planalto, Nazaré, Bairro Nordeste, Cidade da Esperança, Cidade Nova, Guarapes e Felipe Camarão; Zona Sul: Candelária, Capim Macio, Ponta Negra, Nova Descoberta, Lagoa Nova, Neópolis e Pitimbú; Zona Leste: Alecrim, Barro Vermelho, Lagoa Seca, Mãe Luíza, Santos Reis, Rocas, Tirol, Petrópolis, Areia Preta e Cidade Alta.

Água sanitária mata a larva do mosquito da dengue, chinkungunya e zika

Está comprovado cientificamente que hipoclorito de sódio, conhecido comercialmente como água sanitária,  ajuda a combater a proliferação do Aedes aegypti. 

Você sabia que a água sanitária (hipoclorito de sódio com concentração de cloro ativo entre 2,0% e 2,5%) mata as larvas do mosquito transmissor da dengue, chinkungunya e zika vírus?  O poder do cloro no combate de possíveis criadouros do Aedes aegypti  foi comprovado cientificamente.  O produto também é capaz de matar a maior parte de germes e bactérias causadores das doenças transmitidas pela água contaminada das enchentes, como leptospirose, hepatites do tipo A e E e gastroenterites.

A ação do produto é reconhecida pelo Ministério da Saúde (http://combateaedes.saude.gov.br/pt/prevencao-e-combate/indicacoes-agua-sanitaria) e foi comprovada por um estudo do Laboratório de Radiobiologia e Ambiente do Centro de Energia Nuclear na Agricultura – CENA -,  da Universidade de São Paulo (USP). O estudo mostrou que o hipoclorito de sódio é quase 100% eficaz para este uso, diz o doutorando Andre Ricardo Machi, um dos responsáveis pela pesquisa.

A higienização das casas para eliminar as larvas do mosquito é um hábito a ser incorporado na rotina das famílias e empresas, considerando-se que 80% dos focos estão dentro de casa

A prevenção é a melhor maneira de combater o mosquito e evitar doenças e epidemias.

 

Dicas práticas de uso da água sanitária

 

Ralos. Despeje solução de água sanitária na proporção de uma colher de sopa por litro de água em ralos de pias, banheiros e cozinha. Atenção: Faça a limpeza das pias e dos ralos à noite, antes de dormir, para que a água sanitária possa agir por mais tempo.

Plantas. Essa mesma solução (água sanitária na proporção de uma colher de sopa por litro de água) também pode ser usada para a rega de plantas, particularmente  que acumulam água entre as folhas, como as bromélias. Esta solução não faz mal às plantas e evitará o desenvolvimento da larva do mosquito.

Vaso sanitário. Coloque o equivalente a duas colheres de hipoclorito de sódio por litro de água no vaso sanitário, nos ralos do banheiro, cozinha e a área de serviço. Esse é um cuidado que se deve ter antes de viajar, quando a casa fica fechada por algum tempo.

Piscina. É importante manter a piscina tratada, mesmo que não esteja sendo usada. Com o tempo, o cloro pode evaporar, e a piscina se tornar um foco da larva do mosquito. Durante o inverno, por exemplo, é comum deixar a piscina coberta. Nesse caso, não deixe acumular água de chuva na lona de cobertura, pois pode ser um foco do mosquito.

Caixas d’água.  A limpeza deve ser feita a cada seis meses. Feche a entrada de água e esvazie a caixa quase toda. Deixe sobrar água suficiente para lavar, com uma escova, as paredes e o fundo da caixa. Não use produtos de limpeza nessa etapa. Enxágue bem e esvazie toda a água suja, dando repetidas descargas no vaso sanitário. Depois de limpa, encha a caixa novamente e adicione um litro de água sanitária para cada 1.000 litros de água. Espere duas horas e esvazie novamente a caixa, abrindo todas as torneiras, para limpar os canos da casa, até sair água limpa. Depois, encha com água potável e tampe.

Verduras, frutas e legumes. Coloque numa bacia plástica água misturada com águia sanitária, na proporção de 1 colher  das de sopa (15 ml) de água sanitária para cada litro de água. Lave as verduras, frutas e legumes com água corrente em abundância e depois mergulhe-as por 30 minutos na bacia plástica,  agitando–as ocasionalmente. Passado esse tempo, lave novamente a verdura na torneira tirando o excesso de água sanitária.

A água usada na desinfecção dos alimentos pode ser aproveitada para lavagem de pias, pisos, bancadas e utensílios domésticos em geral, inclusive toalhas e panos de pia.

Top of Mind: Pesquisa registra marcas reconhecidas pelo consumidor natalense

Na noite desta segunda-feira (25), o empresariado potiguar reuniu-se para a entrega do prêmio Top of Mind. Realizado pelo grupo Foco de Comunicação, o evento premiou as marcas mais reconhecidas pelo consumidor natalense. Tendo como anfitrião o jornalista e publicitário Marcus César Cavalcanti, a entrega dos troféus aconteceu no Centro de Convenções de Natal.

O público lembra de uma marca devido sua qualidade, boa publicidade e o valor agregado a um serviço de qualidade. Saudando os presentes, Marcos César Cavalcanti destacou elementos que formam a ligação entre consumidor e mercado. “Aqui estão reunidas empresas que dedicam atenção, carinho e planejamento ao público. Uma demonstração de respeito ao consumidor”, frisou.

Após receber o troféu por comandar a loja de artigos de informática mais lembrada pelo público, a Miranda Computação, Afrânio Miranda mostrou-se grato pelo resultado: “Agradeço ao público, razão pela qual conquistamos esse prêmio”.

Com categorias que vão desde serviços essenciais, como hospital particular, a produtos do cotidiano doméstico, como marca de água potável, o Top of Mind premiou as marcas que fazem parte do dia a dia do natalense. Todas as categorias, bem como seus vencedores, estão disponíveis na edição deste mês da revista Foco Nordeste. 

Pesquisa

Por mais um ano, a pesquisa Top of Mind, edição 2018, feita pela Smart Pesquisa de Opinião para a Revista Foco Nordeste, mantém sua referência como a mais abrangente em seu gênero em Natal, se estendendo a todas as regiões e bairros da cidade. “Buscamos ouvir o natalense nos mais diversos bairros para, somente assim, trazer um panorama sobre como a cidade se relaciona com as marcas”, disse o jornalista Tadeu Oliveira, diretor da Smart Pesquisa.

A pesquisa Top of Mind 2018 realizou 780 entrevistas junto aos consumidores natalenses abrangendo todas as regiões da cidade no período de 5 a 30 de abril.

Musicalidade

A noite do Top of Mind foi marcada por dois momentos especiais dedicado a música. O primeiro contou com a apresentação de um programa, divido em quatro peças, executado pelos músicos da Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte. Além de interpretar peças clássicas da música, a orquestra levou duas músicas populares para os instrumentos dos músicos.

Após a entrega do prêmio, mais músicos potiguares uniram poesia e canções para brindar junto ao público presente as conquistas feitas em 2018. O cantor Isaque Galvão conduziu a apresentação.

ProUni oferece 1.086 bolsas integrais e parciais para o Rio Grande do Norte

Estudantes interessados em participar do segundo processo seletivo de 2018 do Programa Universidade para Todos (ProUni) já podem fazer a sua inscrição. Em todo o país, serão ofertadas 174.289 vagas, sendo 68.884 integrais e 105.405 parciais, em 1.460 instituições de ensino superior. No Rio Grande do Norte, serão ofertadas 1.086 vagas, sendo 771 integrais e 315 parciais. As inscrições deverão ser realizadas apenas pela página do ProUni na internet, até as 23 horas e 59 minutos do dia 29.

Para se candidatar, é necessário ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017, ter alcançado no mínimo 450 pontos de média e ter tido nota superior a zero na redação. Importante lembrar que as notas de outras edições do Enem não valem para pleitear uma bolsa.

Além disso, só podem participar estudantes brasileiros que não possuem curso superior e que tenham cursado o ensino médio completo na rede pública ou como bolsista integral na rede privada. Alunos que fizeram parte do ensino médio na rede pública e a outra parte na rede privada na condição de bolsista, ou que sejam deficientes físicos, ou professores da rede pública também podem solicitar bolsas.

Para ter direito a uma bolsa integral o candidato deve ter uma renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio. As bolsas parciais de 50% são destinadas aos alunos que têm uma renda familiar per capita de até três salários mínimos. Quem conseguir uma bolsa parcial, e não tiver condições financeiras de arcar com a outra metade do valor da mensalidade, pode utilizar o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Os resultados com a lista dos candidatos pré-selecionados estarão disponíveis na página do ProUni na internet, a partir do dia 2 de julho para a primeira chamada e 16 de julho para a segunda.

ProUni – O ProUni é um programa do Ministério da Educação que concede bolsas integrais e parciais de 50% em cursos de graduação e sequenciais de formação específica em instituições de educação superior privadas. As instituições que participam do programa têm isenção de alguns tributos.

Na primeira edição do ProUni deste ano, foram ofertadas aproximadamente 243 mil bolsas, sendo 113.863 integrais e 129.124, parciais. Desde que foi criado, em 2004, o ProUni já atendeu 2,5 milhões de estudantes, sendo que 70 % com bolsas integrais

Setor rural ganha mais incentivos para financiamentos dos Fundos Constitucionais

Produtores rurais do Norte, Nordeste e Centro-Oeste terão condições mais atrativas para financiar suas atividades com recursos dos Fundos Constitucionais, administrados pelo Ministério da Integração Nacional nas três regiões. Taxas de juros ainda mais baixas foram aprovadas pelo Conselho Monetário Nacional, na noite desta terça-feira (26), e já estarão em vigor a partir de 1º de julho. Entre as mudanças, também, está possibilidade de o produtor rural escolher no ato do pedido de financiamento entre taxas pré e pós fixadas. Todos os valores ficam abaixo das demais fontes de recursos disponíveis no mercado.

Para os Fundos Constitucionais do Norte (FNO) e Nordeste (FNE), os valores pré-fixados podem variar entre 5,29% (para investimentos em bens de capital, por exemplo) e 5,91% (para operações de custeio isolado, comercialização e industrialização). Já para o Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO), os valores variam de 5,67% a 6,64%. Para efeito de comparação, as taxas oferecidas pelo mercado podem variar entre 6% e 7% em ambos cenários. Já para as opções pós-fixadas, há uma estimativa de valor um pouco abaixo dos pré-fixados, mas que sofrerão correções mensais de acordo com os índices da inflação. Para escolher a melhor opção, recomenda-se analisar, junto aos bancos, o tempo de prazo de financiamento e outras questões.

 

Com taxas mais atrativas, estima-se uma maior procura por recursos dos Fundos. De janeiro a maio deste ano, por exemplo, já foram concedidos R$ 2,2 bilhões em financiamentos para o setor rural apenas na região Nordeste. Os recursos são um estímulo para que mais produtores e empresários tenham acesso a crédito e possam aumentar a produtividade de seus negócios. O esforço do Governo Federal para desburocratizar os processos de financiamento resultou no crescimento de 52% dos valores contratados pelos Fundos Constitucionais em 2017, após um cenário de retração de 14% em 2016.