Brasil: Mais de 1,4 mil travestis e transexuais pediram nome social no título

Dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostra que 1.465 travestis e transexuais solicitaram a inclusão do nome social no título de eleitor. Desse total, 791 eleitores pediram mudança da identidade de gênero no Cadastro Eleitoral. Nome social é como transexuais ou travestis querem ser reconhecidos socialmente.

O prazo para pedir alteração para nome social vai até 9 de maio. Essa é a mesma data limite para fazer qualquer mudança no cadastro eleitoral. Segundo a Justiça Eleitoral, a atualização da identidade de gênero pode ser feita no cartório ou no posto de atendimento referente à zona eleitoral do interessado.

O TSE informou ainda que os pedidos foram apresentados em 551 municípios, no Distrito Federal e em 25 capitais. Para fazer a mudança basta apenas apresentar um documento de identificação com foto no cartório eleitoral ou posto de atendimento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s