Escolas públicas realizam Campanha Nacional de Hanseníase e outras doenças

Com o início do ano letivo, o Ministério da Saúde promove, em 40 mil escolas públicas de do país, a V Campanha Nacional de Hanseníase, Verminoses, Tracoma e Esquistossomoseslogan: “Hanseníase, Verminoses e Tracoma – em casa ou na escola, sempre é hora de prevenir e tratar”, para diagnóstico de doenças que possuem tratamento gratuito no Sistema Único de Saúde (SUS).

A estratégia ocorrerá em 2,7 mil municípios brasileiros que aderiram à ação e envolverá mais de oito milhões de alunos, de 5 a 14 anos de idade. As atividades serão realizadas até o dia 30 de junho. Com ações específicas para cada uma das doenças, a campanha envolve profissionais da educação e os que atuam no SUS, em especial os profissionais da Estratégia de Saúde da Família (ESF), das Unidades Básicas de Saúde e da Vigilância Epidemiológica dos municípios.

Para intensificar a estratégia, será realizada a Semana de Mobilização Nacional da V Campanha Nacional de Hanseníase, Verminoses, Tracoma e Esquistossomose, que ocorrerá de 5 a 9 de março. O lançamento será dia 06 de março na Escola Estadual Professor Jercy Jacob em Várzea Grande, Mato Grosso com a presença da coordenadora-geral de Hanseníase e Doenças em Eliminação do Ministério da Saúde, Carmelita Filha.

A Coordenadora-Geral de Hanseníase e Doenças em Eliminação do Ministério da Saúde, Carmelita Ribeiro Filha, explica que a ação no ambiente escolar potencializa os resultados dessa intervenção. “Vamos ao encontro dos alunos que estão num local que é familiar para eles, facilitando a abordagem para realizar ações educativas e identificando precocemente essas doenças”, observou a coordenadora.

Do total de municípios que aderiram à Campanha, 2.615 (95,4%) são considerados prioritários, devido à vulnerabilidade social e ao risco de adoecimento da população por essas doenças. Juntos, eles recebem do Ministério da Saúde mais de R$ 16,5 milhões para a realização das ações propostas. Outros 127 municípios participarão voluntariamente da Campanha. Todos recebem do Ministério da Saúde apoio técnico e os medicamentos necessários para a execução da Campanha. Quanto aos materiais, a arte gráfica para reprodução local está disponibilizada no link: http://portalsaude.saude.gov.br/index.php/cidadao/principal/campanhas-publicitarias/29720-v-campanha-nacional-de-hanseniase-verminoses-tracoma-e-esquistossomose-em-escolares-2017-2018.

FNF assina contrato no valor de R$ 500 mil com a Caixa Econômica Federal

Aconteceu na tarde desta quarta-feira (28) no auditório da Federação Norte-rio-grandense de Futebol (FNF), a assinatura do contrato das Loterias Caixa como patrocinador da FNF no seu ano de centenário. Com o acordo, o novo parceiro do futebol potiguar adquiriu a propriedade de naming rights com um aporte de R$ 500 milcom o Estadual se chamando, a partir de agora, Campeonato Potiguar Loterias Caixa 2018.

Estiveram presentes à mesa no ato da assinatura José Vanildo, presidente da FNF, Carlos Antônio de Araújo, superintendente da CAIXA no RN, Paulo Tarcísio, presidente do ABC e Eduardo Rocha, presidente do América e o diretor de marketing da FNF, Alan Oliveira.

A partir do investimento, a Federação irá abrir mão da taxa de 8% das rendas das partidas disputadas no ano do centenário. Ou seja, o valor se refletirá em benefício para os clubes, como aponta Vanildo. “Sem dúvida este é um momento histórico para o futebol do RN. Esse parceria é uma homenagem ao centenário da nossa Federação. Para este ano, já garantimos premiação importante para os clubes: campeão e vice do Estadual receberão um carro 0km. Além disso, abrimos mão da taxa que temos direito em todos os jogos durante o ano do centenário, traduzindo assim em benefício para os clubes, que ficarão com o valor”, comenta Vanildo.

As Loterias Caixa participarão ativamente do segundo turno do campeonato, com placas em todos os estádios, backdrop, ações promocionais, marca no uniforme da arbitragem, projetos pioneiros de transmissão no RN com conteúdo para a plataforma digital, além de ativação com clubes. O contrato vai até outubro de 2018, com programação de propagação e fortalecimento do futebol local. ­­­

O Campeonato Potiguar Loterias Caixa 2018 tem o patrocínio das Loterias Caixa, Governo Federal, Fecomércio, Fetronor, Penalty, Siker, Pitú, Sterbom.

Governo do Estado do RN paga em março 13º do servidor que ganha até R$ 2 mil

O Governo do Estado  do Rio Grande do Norte fará o pagamento do 13º aos servidores de forma escalonada. Em março, receberão aqueles com vencimentos até R$ 2 mil, somando 26.889 funcionários. Os demais receberão nos meses seguintes.

O Estado já fez, em dezembro, o pagamento do décimo de outros 23.055 servidores da Secretaria de Educação e órgãos que têm arrecadação própria. No fim de março, terão recebido o benefício quase 50 mil pessoas, o que equivale a 45,47% do total de funcionários estaduais.

Governo conclui pagamento da folha de servidores do Estado

Os salários dos servidores ativos, inativos e pensionistas do Governo do Estado do mês de janeiro foram totalmente pagos. Nesta quarta-feira (28), a folha foi concluída.

Paciente sem identificação encontrado espancado na Enoque Garcia continua em estado gravíssimo no HWG

O Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel (HMWG), através do setor de Serviço Social, procura por parentes ou conhecidos de um paciente, até o momento sem identificação, internado em estado gravíssimo, na última terça-feira (27).

Aparentando 60 anos, cerca de 1,60m de altura, tom de pele morena e 60kg, foi encontrado na Enoque Garcia, em Macaíba, vítima de espancamento e trazido ao Pronto Socorro Clóvis Sarinho  por uma viatura da Polícia Militar.  Como outras características físicas, o paciente ainda possui tatuagens nas mãos: na direita a palavra “Jesus” e na esquerda uma cruz e um crucifixo.

Qualquer informação que possa levar à sua identificação deve ser repassada ao setor do Serviço Social através do telefone 3232-7533 ou 3232-7505. O Setor funciona de domingo a domingo em plantões de 24h.

Para outras informações: Assessoria de Imprensa do hospital Walfredo Gurgel – 3232-7595.

Aeroporto: DER promete concluir obras do acesso sul agora em março

As obras dos acessos ao Aeroporto Aluízio Alves, via Macaíba, serão finalizadas em março, segundo o Departamento de Estradas e Rodagens (DER). Após cinco anos de atrasos e interrupções, o tráfego será liberado pelo acesso sul ao terminal aéreo. A obra vai reduzir o tempo de viagem ao terminal de quem sai dos bairros das zonas Oeste e Sul de Natal.

O empreendimento faz parte do projeto inicial de integrar duas rodovias federais (BR-304 e BR-406) ao terminal aéreo. O orçamento total da obra é de R$ 94 milhões. Atualmente, apenas uma das alças de interligação ao aeroporto foi entregue, o chamado Acesso Norte, em 2014. A via foi construída a partir da BR-406, em Ceará-Mirim, e tem seis quilômetros de extensão.

O Acesso Sul, da BR-304, sai de Macaíba e segue até o aeroporto. São 19 quilômetros neste trecho, mas os serviços esbarraram em problemas de desapropriações imobiliárias, falta de recursos e só foram retomadas no fim de 2016. “Está com 95% de execução e será entregue agora em março”, diz o diretor-geral do DER, Jorge Fraxe.

Sindicato patronal emite nota sobre greve dos vigilantes

                                                   NOTA DE ESCLARECIMENTO

 

O Sindicato das Empresas de Segurança Privada do RN – SINDESP, diante do anúncio de greve pelos vigilantes das agências bancárias nesta segunda-feira (26), vem a pública esclarecer alguns pontos importantes para a imprensa e a sociedade:

1 – O Sindicato Patronal (SINDESP) está à disposição para negociar dentro das regras que regem a nova Legislação Trabalhista, em vigor desde o dia 11 de novembro de 2017.

2 – Entre as mudanças determinadas pela nova Legislação Trabalhista, o vigilante (da rede bancária) das escalas de 36 horas semanais e 44 horas semanais não sofrerá nenhum impacto na remuneração salarial.

3 – O salário atual da categoria, onde o nível mínimo de escolaridade exigido por Lei é a 4ª série primária, no Rio Grande do Norte é o maior entre os nove estados da Região Nordeste, mesmo com a implantação da nova Legislação Trabalhista. A remuneração de R$ 1.684,77 no RN é a maior do Nordeste, sendo a menor na Paraíba, com valor R$ 1.280,55.

4 – A nova Legislação Trabalhista trouxe benefícios para os empregados e empregadores, permitindo ajuda na manutenção do emprego, parcelamento de férias em até três períodos durante o ano, rescisão contratual por acordo entre as partes, admitindo o empregado movimentar até 80% do seu saldo do FGTS, além de preservar os direitos como férias, 13º salário, FGTS, entre outros benefícios. Inclusive existem vários estados brasileiros com suas Convenções Coletivas de Trabalho – CCTS homologadas, tendo aplicadas as novas regras trabalhistas.

5 – Atualmente, uma Liminar permite apenas 30% do efetivo participar da greve e 70% da categoria deve manter os postos de serviços ativos. O SINDESP considera abusiva a greve, sendo um abuso a proibição do direito de ir e vir do trabalhador, além de afetar a sociedade proibindo o acesso aos serviços nas agências bancárias.

6 – Importante ressaltar que: As Empresas de Segurança são apenas um elo entre os vigilantes e contratantes para prestação dos serviços. O momento de protestar contra a Reforma Trabalhista não é agora, pois a mesma já foi homologada e está em vigor.

7 – O SINDESP repudia a veiculação através das mídias sociais e material impresso sobre inverdades e ilações a respeito de supressão salarial e de direitos adquiridos, levando a categoria a erro de interpretação com a finalidade da adesão geral dos vigilantes.

Diante de todos os pontos apresentados, vale ressaltar que na última reunião realizada na Superintendência Regional do Trabalho – SRT, os empresários precisaram sair escoltados pela Polícia Militar por falta de entendimento com os vigilantes sindicalizados.

Sempre primando pela busca em ofertar aos seus clientes, servidores e a sociedade os melhores benefícios, nos colocamos à disposição de todos para quaisquer esclarecimentos.

Atenciosamente,

Diretoria do Sindicato das Empresas de Segurança Privada do RN – SINDESP