Contemporâneo traz literatura e emoção para o palco do Teatro Riachuelo

Mais de 500 artistas estudantes dividiram o palco do Teatro Riachuelo, em Natal, para a produção “Luz, Câmera, Ação”, iniciativa e realização do Complexo Educacional Contemporâneo. O projeto fez a adaptação de 13 obras de língua portuguesa que já viraram filmes. O show de protagonismo juvenil, de inovação pedagógica e de criatividade artística aconteceu de ontem, terça-feira (29). Todas as dependências do teatro estavam lotadas, com uma plateia formada basicamente por familiares dos alunos da escola.

A grande vencedora do Fest Show (categoria B) deste ano foi a equipe do Nono Ano da unidade de Lagoa Nova, que apresentou o trabalho “Ensaio Sobre a Cegueira”, do escritor José Saramago. Mostrando cores, luzes e bela desenvoltura de palco.

Já pela categoria A, a equipe vencedora ficou pela apresentado pela equipe de alunos da sétima série, também da unidade de Lagoa Nova, como o trabalho “Auto da Compadecida”, do escritor nordestino Ariano Suassuna.

Estiveram presentes no espetáculo obras de autores consagrados como Graciliano Ramos, Mário de Andrade, José Saramago, Dias Gomes e José de Alencar. Estão adaptados com seus escritos transformados em música, teatro e dança, pelas mãos do competente coreógrafo Dimas Carlos. O espetáculo ainda contou com figurinos marcantes, recursos hightech para cenografia e efeitos especiais.

No encerramento do evento, a diretora geral da produção, professora Irany Xavier de Andrade, falou que a preparação para o “Livro, Câmera, Ação!” aconteceu desde fevereiro, quando houve uma verdadeira imersão dos estudantes do Contemporâneo nas obras e o início dos ensaios. “Cada número leva artistas e espectadores para dentro da obra adaptada. Teremos a oportunidade de reunir 13 diferentes histórias e visões de mundo, deixando todos mais ricos culturalmente”, destaca Irany.

“Livro, Câmera, Ação!” corresponde à 12ª edição do Fest Show, projeto artístico-pedagógico desenvolvido pelo Colégio Contemporâneo desde os anos 1990. Os ingressos para o espetáculo estão à venda na bilheteria do Teatro Riachuelo.

Comissão julgadora

Para melhor classificação das 13 apresentações, o Contemporâneo convidou uma comissão julgadora especial entre jornalistas e artistas, como os jornalistas Tadeu Oliveira e Eugenio Parcelii, além de uma jurado técnico com Diana Fontes, Anna Thereza Miranda e Carlos Furtado. A comissão tinha a função de observa e julgar a harmonia, desenvoltura do texto, música, a arte e execução dos trabalhos artísticos das equipes, entre outras atividades.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s