Publicidade na política é tema de debate do projeto Direito ao Cinema

O Projeto Direito ao Cinema da Estácio retoma as atividades neste sábado (12). A partir das 9 horas, na Estácio Romualdo, será exibido o filme chileno “No”, lançado no ano de 2012. Dirigido por Pablo Larraín e escrito por Pedro Peirano, é baseado na peça El Plebiscito de Antonio Skármeta. No debate, que acontece após a exibição do filme, o foco será a publicidade e propaganda na política.

O filme é estrelado por Gael García Bernal e indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro no Oscar 2013. “No” conta a história do plebiscito de 1988 que decidiria a continuidade ou a finalização da ditadura de Augusto Pinochet, implantada no país em 1973. No caso, o povo chileno foi convidado a votar pelo “sim”, se desejassem a permanência do regime militar, ou pelo “não”, caso preferissem a convocação de eleições democráticas para presidente.

Na discussão após o filme será questionada a importância da publicidade para a sociedade e como uma campanha pode influenciar politicamente. No caso do referendo historiado pela película, o “não” venceu graças a uma campanha que fez uso da criatividade e do marketing. O jornalista e especialista em Marketing Digital, Fábio Farias, editor do Apartamento 702, será um dos debatedores convidados para o Projeto. O segundo debatedor ainda será confirmado.

O evento é gratuito e aberto ao público, e acontece na Estácio localizado na Av. Romualdo Galvão, 2404, em Lagoa Nova. Para estudantes de outras instituições é disponibilizado um certificado de participação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s