Como fixar a matéria na hora dos estudos e evitar o “branco”

Já que o cérebro é realmente o computador mais moderno que existe, alguns estudantes adorariam poder aumentar a capacidade de memória de seus PCs naturais. Porém, ao contrário do que alguns vestibulandos imaginam, fazer um upgrade do gênero não é assim tão difícil ou complicado. Tudo está ligado a seus hábitos e a maneira como você utiliza sua memória, afinal, a utilizamos o tempo todo para tudo. Sem memória não haveria aprendizado e talvez nem soubéssemos quem nós somos. 

 
Segundo Charles Peterson, professor, autor do método MPETE® e especializado em performance de estudos, “não basta simplesmente ler, é preciso refletir sobre o que está sendo lido. Se o aluno estiver desatento ou distraído, não conseguirá fixar bem as informações desejadas. Uma das maiores aliadas da memória é a atenção.  Como estudante sua preocupação deve ser manter sua memória saudável, de forma que você consiga compreender e fixar corretamente uma informação. Tanto a ansiedade quanto o estresse são formas de defesa do corpo humano, o problema é que ambos atrapalham sua memória. Eles não interferem em sua memória em si, mas em sua atenção a porta de entrada para que você memorize algo. Ansiedade e estresse quando em níveis muito altos provocam os chamados “brancos”, explica o especialista. 
 
Seu cérebro é uma maquina extremamente eficiente, para ele qualquer perda de energia desnecessária deve ser resolvida, e se ele perceber que uma informação não deve ser armazenada ele a descarta. Imagina se você armazenasse todas as informações que chegassem até você? Com certeza você enlouqueceria. Charles ainda revela que “esquecer é parte essencial da memória. Mesmo que você esteja aprendendo algo novo lembre-se de revisar os conteúdos antigos. Muitos estudantes e concurseiros esquecem os conteúdos antigos justamente porque não revisam. A revisão é a sua arma contra o esquecimento dos conteúdos”, comenta. 
 
Por fim, para fixar a atenção do aluno sobre o material que ele deseja memorizar, Peterson recomenda ler em voz alta. Estudar antes de dormir também ajuda na memorização, m
ilhares de estudos já provaram a eficácia de estudar antes de dormir. Só não confunda estudar antes de dormir com estudar com sono. Estude e quando perceber que já está com sono, deite-se e revise um pouco o que estudou, isso vai te ajudar na memorização”, conclui ele.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s