Equipe do “Walfredo” tem trabalho de pesquisa internacional aprovado pelo MS

Uma equipe de três profissionais do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel (HMWG) teve mais um projeto de pesquisa em âmbito internacional aprovado junto ao Ministério da Saúde e ao Hospital Moinhos de Vento. O trabalho denominado Protocolo Clínico Para Manutenção de Potencial Doador em Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), coletará dados, a partir deste mês, até atingir um total de 30 pacientes potenciais doadores de órgãos (selecionados aleatoriamente) até o período máximo de dezembro próximo.

A equipe de pesquisadores é composta pelo intensivista Alfredo Jardim, pela cardiologista Suzelle Freitas e pela enfermeira Andressa Rego.   O coordenador local da pesquisa, Alfredo Jardim, esclarece que a principal meta do trabalho é “conseguir manter com maior qualidade e viabilidade os órgãos do potencial doador para transplante”. Com relação aos dados que serão considerados na pesquisa, Alfredo explica que todos tem caráter sigiloso e não podem ser divulgados. Essa é uma determinação do MS visando garantir a idoneidade do processo.

Em 2015, outro grupo – formado apenas pela fisioterapeuta Amanda Carvalho e Alfredo Jardim – deu início ao primeiro trabalho de pesquisa que contemplava o uso de um checklist durante as visitas diárias multidisciplinares objetivando o alerta clínico para redução de mortalidade de pacientes sob tratamento intensivo. O resultado positivo contribuiu para a construção do protocolo (das visitas multidisciplinares) atualmente

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s