Macaíba

Artesanato de Macaíba pode não ter lugar para exposição na Fiart

Artistas e artesãos macaibenses estão ameaçados de não participar da próxima edição da Feira Internacional de Artesanato (Fiart) por causa da Prefeitura Municipal não renovar, até hoje, contrato dos estandes junto à empresa promotora da feira.  Acredita-se que por causa da crise econômica, já que todos os anos o município adquiria espaço de destaque na feira para exposição e comercialização de produtos feitos por artesãos locais e observados por milhares de visitantes.

A Fiart é uma vitrine para produtores, artesãos e artistas de Macaíba, como Aldo Rodrigues, um dos mais conhecidos artistas  em produção de peça de arte sacra do pais, mas corre risco de não ter essa visibilidade neste ano, em que a feira acontece pela vigésima segunda vez.

A Fiart será realizada período de 20 a 29 deste mês, no Pavilhão das Dunas do Centro de Convenções, das 16 às 22h, em Ponta Negra. Com renomados e qualificados artesãos de várias partes do Brasil, numa ação do Programa do Artesanato Brasileiro, da Secretaria da Micro e Pequena Empresa da Presidência da República.

A promotora da feira, a Espacial Eventos, anuncia números positivos com relação a última Fiart. 85% dos expositores aprovaram o fluxo de visitantes. A feira movimentou R$ 9.700.000,00 com a venda de produtos e a promoção do artesanato e colocou no palco dando visibilidade e oportunidade à 1.460 artistas. Artesãos de todas as regiões do Brasil e de 14 países participaram da feira.  Pesquisa da Smart apontou que 92% dos entrevistados disseram que gostariam de visitar a próxima edição.

Para 2017 o coordenador da Fiart, Neiwaldo Guedes, anuncia que o tema será, “As tramas entre a arte, o talento e as oportunidades”. Para Guedes essa temática escolhida, “objetiva valorizar uma das técnicas de artesanato mais utilizadas em nosso Estado e no Brasil, os trançados, destacando a importância do trabalho manual e artístico para o surgimento de novas oportunidades de negócios”.

A XXII FIART em 2017 contará com 385 estandes e tem o apoio do Programa do Artesanato Brasileiro (Secretaria da Micro e Pequena Empresa da Presidência da República), Governo do Estado do RN, Prefeitura da Cidade do Natal e SEBRAE/RN.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: