Sete clubes devem participar do Campeonato da Segunda Divisão, Cruzeiro é um deles

A Federação Norte-rio-grandense de Futebol (FNF) recebeu a inscrição de sete clubes para a disputa da Segunda Divisão do Campeonato Potiguar Loterias Caixa 2018: Alecrim, Atlético Potiguar, Cruzeiro, Mossoró, Palmeira e Visão Celeste. O clube Sociedade Esportiva GOL, de Natal, encaminhou ofício para a regularização cadastral à Confederação Brasileira de Futebol e aguarda o retorno da documentação liberatória.

O prazo final para o pagamento das taxas administrativas, no valor de R$ 5 mil, é até a próxima sexta-feira (22). Uma reunião com os representantes dos clubes está agendada para o dia 26 de junho, às 14h, na sede da FNF, em Natal.

O regulamento e a tabela da competição serão publicados no dia 29 de junho. A Segunda Divisão do Campeonato Potiguar Loterias Caixa 2018 tem previsão de início para a primeira quinzena do setembro.

Videomonitoramento: MPF quer que multados tenham acesso às imagens em todo o Brasil

Recomendação considera que a ausência de um dispositivo de gravação das infrações prejudica o direito ao contraditório por parte dos motoristas

O Ministério Público Federal (MPF) emitiu uma recomendação ao presidente do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), Elmer Coelho Vicenzi, cobrando que os órgãos de fiscalização (municipais, estaduais e federais) que utilizam videomonitoramento sejam orientados a gravar e disponibilizar aos condutores ou proprietários de veículos as imagens referentes às infrações registradas por esse sistema, a fim de assegurar o exercício do direito de defesa dos condutores autuados.

Um inquérito civil em andamento na Procuradoria da República no Rio Grande do Norte constatou que a Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (STTU) – que já utiliza o videomonitoramento – está impedida de realizar a captura e impressão das imagens do momento da infração, por conta da redação dada à Resolução 471/2013 do Contram, que autorizou o sistema de fiscalização de trânsito através de câmeras de vídeo.

A recomendação do MPF, de autoria do procurador da República Victor Mariz, aponta que essa resolução é omissa quanto à gravação e disponibilidade das imagens. Além disso, a orientação apresentada pelos órgãos federais superiores (Contran, Denatran e Câmara Temática de Esforço Legal) é de que esse tipo de captura de imagens contraria a “presunção de legitimidade dos atos administrativos dos agentes de trânsito”, que efetuam as autuações.

Para o MPF, essa “presunção de veracidade e legitimidade” não possui caráter absoluto e a falta de mecanismos que permitam a gravação, armazenamento e disponibilidade das imagens aos condutores infratores caracteriza “ofensa ao devido processo legal administrativo e ao contraditório”.

O prazo concedido é de 30 dias, após o recebimento da recomendação, para que o presidente do Contran adote as medidas necessárias, seja através de mudança na resolução ou mesmo a partir de orientações aos órgãos federais, estaduais e municipais de trânsito. A gravação de cada infração, contudo, deve ser disponibilizada apenas aos condutores ou proprietários dos veículos que forem autuados por meio do videomonitoramento.

A recomendação não permite o uso das imagens gravadas para autuação posterior pelo agente de trânsito, que deve lavrar o auto de infração no momento da conduta. O registro das imagens tem como finalidade assegurar unicamente o efetivo exercício do direito à ampla defesa dos condutores autuados por meio de videomonitoramento, evitando-se eventuais equívocos.

Inquérito – A apuração em andamento na capital potiguar visa analisar a legalidade e a constitucionalidade das medidas adotadas pela STTU, que resultaram na implantação do sistema de câmeras de videomonitoramento para autuação de condutores em Natal.

Em nível nacional, o sistema de fiscalização por videomonitoramento foi autorizado pela Resolução 471, em 18 de dezembro de 2013. Em sua redação original, a norma permitia autuações de condutores de veículos apenas em estradas e rodovias. Em 17 de junho de 2015, o Contran alterou o conteúdo, passando a admitir o uso também em vias urbanas.

Jogos aumentam incidência de infarto em torcedores; veja como se proteger

Um estudo brasileiro publicado no último mundial mostrou que a incidência de infarto aumenta durante os jogos. O estresse excessivo por conta da torcida pode elevar a pressão arterial e provocar os eventos cardiovasculares que, por sua vez, podem ser fatais. O cardiologista, Pedro Gregorio Mekhitarian, da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo dá algumas dicas que protegem o coração:

  1. Vá ao cardiologista com regularidade: ter os exames em dia é importante para avaliar o risco cardíaco em decorrência do estresse. Ir ao médico regularmente para um checkup permite que o especialista recomende ações específicas para se proteger de eventos cardiovasculares durante situações de estresse.
  2. Controle a pressão arterial e o colesterol: quem tem pressão e colesterol altos precisa seguir as recomendações do cardiologista e, se medicamentos forem prescritos, tomá-los com regularidade.
  3. Pratique atividade física: o exercício físico é um excelente protetor de doenças cardíacas, mas só funciona se for feito com regularidade e moderação. Além disso, quem é sedentário é importante consultar um médico antes de começar alguma modalidade.
  4. Lembre-se que é apenas um jogo: é preciso separar as emoções, já que sofrer um gol faz parte do roteiro, assim como perder a partida. Respirar fundo e de forma pausada durante a partida pode ajudar a reduzir o estresse.
  5. Não exagere na bebida alcoólica: o álcool em excesso é inimigo do coração. Além disso, energéticos também são nocivos e, quando em combinação com o álcool, podem ser perigosos. Evite.

Eleições 2018: Inscrições abertas para mesário voluntário

Nos preparativos para as eleições gerais, o Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) reforça a divulgação da abertura das inscrições de mesários voluntários para as eleições 2018. O período de inscrições começou no dia 28 de maio e vai até o dia 02 de agosto de 2018. Em seguida, as Zonas Eleitorais entrarão em contato com os seus respectivos selecionados até o prazo de 15 de agosto de 2018.

Como se inscrever

As inscrições podem ser realizadas no portal do TRE-RN – www.tre-rn.jus.br (Eleitor > Mesário>Mesário voluntário) ou clicando aqui: http://www.tre-rn.jus.br/eleitor/mesario/mesario-voluntario-1/mesario-voluntario

Os voluntários selecionados atuarão nas mesas receptoras de votos e justificativas das eleições de 2018, que ocorrerão no dia 07 de outubro de 2018. Eles serão responsáveis por organizar a seção eleitoral, identificar os eleitores e autorizá-los a votar, bem como operar a urna eletrônica, processar justificativas e conduzir, com tranquilidade, os trabalhos de votação.

Conheça as vantagens para os mesários voluntários

Há uma série de vantagens na participação do eleitor como mesário voluntário, inclusive a utilização de horas trabalhadas nos pleitos eleitorais como atividades extracurriculares, no caso dos universitários. A lista com as universidades que possuem convênio com a Justiça Eleitoral estão disponíveis aqui: http://www.tre-rn.jus.br/eleitor/mesario/convenios.

Os mesários voluntários também têm isenção da taxa de inscrição em concursos públicos promovidos pelo Governo do Rio Grande do Norte (Lei nº 9643/2012), pelo Município de Natal/RN (Lei nº 6336/2012) e pelo Município de Parnamirim (Lei nº 1687/2014).

Copa: serviços estaduais têm horário diferenciado durante jogos da seleção

O Governo do Rio Grande do Norte publicou, nesta sexta-feira (15), no Diário Oficial do Estado o Decreto que define o expediente das repartições públicas estaduais nos dias dos jogos da Seleção Brasileira na Copa 2018.

Para a primeira fase dos jogos, a publicação fixa ponto facultativo para o próximo dia 22.
No dia 27 de junho, o expediente será das 8h às 13h.

Em relação às demais fases, será ponto facultativo quando os jogos se realizarem às 11h. Quando a partida ocorrer às 15h, o expediente será das 8h às 13h.

O decreto não se aplica aos serviços considerados essenciais.

Estudo mostra que 52 cidades do NE possuem mais eleitores que habitantes. Delas 16 são do RN

Com a proximidade das eleições, estudo da Confederação Nacional de Municípios (CNM) indica a quantidade de eleitores da região Nordeste e as cidades que possuem mais eleitores que habitantes. De acordo com a entidade, em 52 cidades há mais eleitores que habitantes. Delas 16 são do Rio Grande do Norte, que é o Estado com mais cidades nessa situação; e 12 são da Paraíba.

A maior disparidade ocorre em Cumaru (PE), com 3.396 eleitores a mais que habitantes. Em seguida, Severiano Melo (RN), com diferença de 2.999. O Estado com maior número de eleitores é a Bahia, com um eleitorado de 10,2 milhões, correspondendo a 26,44% do total. O Pernambuco, em segundo lugar, possui 6,5 milhões e consiste em 16,82% do total.

De acordo com o estudo, ao considerar as estatísticas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 38,8 milhões de eleitores aptos a votar estão na Região Nordeste em 2018. Se comparado com a estimativa populacional mais recente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 57,2 milhões de habitantes na Região em 2017, então os eleitores consistem em 67,74% da população residente.

No geral, o eleitoral brasileiro de 2018 contabiliza 146,1 milhões de pessoas aptas a votar nas 5.568 cidades brasileiras. Entre os 231 Municípios com mais eleitores que habitantes, 75 são de Minas Gerais, Estado com mais cidades nessa situação; seguida de São Paulo e Santa Catarina com 29 e 20 Municípios, respectivamente. No entanto, a maior disparidade ocorre em Canaã dos Carajás (PA), que tem 3.857 eleitores a mais que habitantes.

“O que este estudo demonstra é que, em 231 cidades do Brasil, o número de eleitores é maior do que a população. Se por um lado isso pode ser explicado pela mobilidade das pessoas que mudam o domicílio eleitoral para suas cidades de origem ou para cidades litorâneas, podemos também alertar para uma reclamação constante dos gestores municipais – a de que as suas respectivas populações estão subestimadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística”, destaca o presidente da CNM, Glademir Aroldi.

Jornalista expõe acervo sobre copas do mundo na Assembleia Legislativa

“As últimas pepitas desse fabuloso tesouro, representadas pelas formas de quase trezentas versões de romances que coletamos nas mais diversas regiões”. O trecho é a explicação do poeta e folclorista Deífilo Gurgel (1926-2012) sobre uma de suas últimas obras, o Romanceiro Potiguar. Porém, a descrição também caberia a um acervo esportivo que começou a ser coletado pelo próprio Deífilo e que, a partir do dia 11 de junho, será exposto por um de seus filhos na Assembleia Legislativa.

Apaixonado por futebol desde criança, o jornalista Alexandre Gurgel herdou do pai a curiosidade sobre o esporte. Torcedor do Flamengo e da Seleção Brasileira, Deífilo Gurgel presenteou o filho, então com 9 anos, com duas revistas sobre as copas de 1958 e 1962, além de um vinil com as narrações dos gols do mundial do Chile, quando o Brasil conseguiu o bicampeonato. Desde então, Alexandre Gurgel segue ampliando o acervo e fará a exposição na Casa Legislativa.

“É um acervo sobre as copas, mas também curiosidades sobre os jogadores, sobre a Seleção Brasileira, o futebol potiguar e a passagem de craques de primeira linha pelo Rio Grande do Norte”, explica Alexandre Gurgel.

No material a ser exposto, contam 15 camisas da Seleção Brasileira, entre réplicas e originais, referentes a períodos distintos. Dentre elas, a primeira utilizada em copas, ainda na cor branca. Além disso, haverá réplicas das taças Fifa e Jules Rimet, fotos, álbuns, vídeos em VHS, bonecos em miniaturas dos jogadores, vinis com narrações dos jogos das copas e até medalhas originais alusivas aos mundiais de 1950 e 1974.

“Têm algumas coisas que vão chamar muito a atenção de quem for observar a exposição, como o vinil com a narração da final da Copa de 1974 em alemão, outro com a narração do milésimo gol de Pelé, além de ingressos dos jogos entre Brasil e Bolívia pelas eliminatórias de 1981, que ocorreu no Rio de Janeiro, e 2016, que foi em Natal. É interessante para se comparar as diferenças ao longo dos anos”, analisa o colecionador.

Sobre o futebol potiguar, Marinho Chagas recebe maior destaque. Melhor lateral da copa de 1974, “a Bruxa” tem grande espaço no acervo, inclusive com um vinil em que o ex-jogador canta duas canções. “Não era um talento como cantor, mas vale a pena conferir”, brinca Alexandre Gurgel.

Exposição

O material será exposto no Salão Nobre da Assembleia Legislativa entre os dias 11 e 22 de junho, com entrada gratuita. A abertura oficial da exposição ocorre logo após a Sessão Solene para lançamento e entrega da Medalha do Mérito Esportivo Marinho Chagas, que será destinada a pessoas que comprovadamente tenham oferecido, na área do esporte, contribuição relevante ao Estado.

Entre os homenageados, estão três ícones do esporte que já faleceram: o volante Dequinha, mossoroense e ex-jogador do ABC e Potiguar de Mossoró, que participou da Copa de 1954; Marco Antônio, o “Garotinho da Copa”, locutor esportivo que atuou na mídia potiguar; além do próprio Marinho Chagas, que dá nome à honraria e teve na carreira, além da participação na Copa de 1974, importantes passagens por ABC, Náutico, Botafogo, Fluminense, São Paulo e New York Cosmos.

Além deles, serão homenageados ainda os jornalistas Everaldo Lopes, Luiz Bezerra e Rosaldo Aguiar, e também craques do presente e do passado: o ex-ponta-esquerda Luis Ribeiro Pinto Neto, o Lula, que começou a carreira no Ferrovário de Natal, profissionalizando-se no ABC e chegando à Seleção Brasileira, onde disputou 13 jogos; o ex-lateral-esquerdo Nonato, nascido em Mossoró, com passagens por Baraúnas, ABC, América, Cruzeiro, Fluminense e Seleção Brasileira; o ex-meia Souza, nascido em Itajá, criado na base do América e que fez sucesso por Corinthians, São Paulo, Atlético Paranaense, Flamengo e Seleção Brasileira; além do meia Rodriguinho, criado na base do ABC, hoje principal jogador do Corinthians e que figura na lista de suplentes da seleção brasileira para a Copa de 2018.